terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Atual campeã, Argentina cai com drama na Davis e lutará contra rebaixamento

(Foto: AP Photo/Natacha Pisarenko)


Atual campeã da Copa Davis, a Argentina terá de lutar agora contra o rebaixamento para o Zonal Americano em 2018. Na primeira rodada da edição deste ano, os argentinos foram derrotados por 3 a 2 pela Itália em duelo só encerrado nesta segunda-feira em Buenos Aires.


No quinto e decisivo jogo da série, Guido Pella (80º do mundo) chegou a abrir 2 a 0 sobre Fabio Fognini (45º), mas levou a virada por 3 sets a 2, com parciais de 2/6, 4/6, 6/3, 6/4 e 6/2 em partida que teve 4h15min de duração.

A equipe argentina não contou para este confronto disputado em uma quadra de saibro no Parque Sarmiento com Juan Martín del Potro e Federico Delbonis, que fizeram parte do time na final do ano passado, contra a Croácia.

Com esta derrota, a Argentina agora só voltará a entrar em quadra entre os dias 15 e 17 de setembro pela repescagem do Grupo Mundial e precisará de uma vitória contra rival ainda não definido para evitar sair da elite pela primeira vez desde 2001.

A última vez que a Argentina fora derrotada na primeira rodada foi em 2014, também pela Itália, também em casa. Na ocasião, derrotou Israel nos playoffs.
Caso Pella tivesse vencido Fognini, os argentinos concretizariam uma virada improvável. A Itália abriu 2 a 0 na sexta-feira e chegou a ter match point no jogo de dupla no sábado para fazer 3 a 0 e liquidar a fatura. Entretanto, Leonardo Mayer/Carlos Berlocq conseguiram bater Fognini e Simone Bolleli por 3 a 2.

No domingo, em jogo com interrupções por causa da chuva, Berloc superou Paolo Lorenzi por 3 a 2 e deixou a série empatada em 2 a 2.

Com o triunfo, a Itália enfrentará a Bélgica nas quartas de final, em abril. Os outros duelos serão: Austrália x Estados Unidos; França x Reino Unido; Sérvia x Espanha.

Durante o jogo contra Pella, Fognini foi protagonista de uma cena inusitada. Ele aproveitou o intervalo do quarto para o quinto set para ir ao banheiro. Porém, como a estrutura da quadra não é fixa, teve de usar uma cabine química.

UOL Esporte