quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Chefe diz que McLaren "não vai ganhar nenhuma corrida neste ano"

(Foto: Clive Mason/Getty Images)


A McLaren é uma das equipes que mais despertam a curiosidade dos torcedores para esta temporada. Afinal, o novo regulamento técnico e a liberação do desenvolvimento dos motores dão uma chance importante para o time, que não vence desde 2012, voltar a figurar entre os grandes.


O novo chefe, contudo, não está nada otimista. Zak Brown afirmou não acreditar que o time de Fernando Alonso e do estreante Stoffel Vandoorne tenha chances de sequer ganhar uma corrida em 2017.

"A McLaren não vai ganhar nenhuma corrida este ano. Acho que todos estão frustrados, como você pode imaginar. Mas estamos ansiosos para voltar a ganhar", disse Brown ao jornal espanhol Marca. "Eu não acho que os resultados destes dois últimos anos são algo a que a equipe está acostumada. Na verdade, eles não gostam disso e querem mudar as coisas. "

Com esse cenário, Brown disse ainda entender a situação de Fernando Alonso, que cumpre em 2017 seu último ano de contrato com a McLaren. O dirigente já afirmou recentemente que uma de suas prioridades na temporada é manter o espanhol, mas reconhece a situação difícil.

"Alonso está definitivamente comprometido com o projeto, mas seu contrato está acabando e ele está em alta demanda como você pode imaginar", falou. "É claro que gostaríamos de mantê-lo. É um dos maiores pilotos do grid, se não for o melhor. Mas nós só vamos ver como as coisas vão acontecer e dar início a essas conversas depois de algumas corridas neste ano."
"Se eu fosse ele, gostaria de ver nossa performance antes de começar a tomar decisões. Você não pode culpá-lo por isso, mas acho que estamos todos esperando para ver e isso vale para os dois lados."

O lançamento do novo carro da McLaren está marcado para a sexta-feira, dia 24 e existe a expectativa de que o time tenha uma nova pintura, abandonando o prateado que imperou nos 20 anos de parceria com a Mercedes.

UOL Esporte