segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Dois nº 1, seis top 5, dez top 20: como Cavs têm, por posição no Draft, o time mais estrelado da NBA

(Foto: Reprodução)


No Draft na NBA, sempre há os chamados "flops", aqueles jogadores que esperamos muito em quadra, mas que fracassam. Outros conseguem ter carreiras medianas, mas não explodem como supunha-se. E existem também as certezas.


Com a chegada do armador All-Star Deron Williams, o Cleveland Cavaliers, hoje, possui o elenco com mais jogadores "estrelados", se levarmos em conta a posição em que foram escolhidos no Draft.

LeBron James e Kyrie Irving, por exemplo, foram as primeiras escolhas geral em 2003 e 2011, respectivamente, e são indiscutivelmente dois dos melhores da liga.

Derrick Williams, que está em seu segundo contrato de dez dias com os Cavs, foi o segundo no mesmo Draft de Irving - Minnesota Timberwolves foi quem o selecionou.

Naquele mesmo ano, ainda foram eleitos Tristan Thompson (quarta escolha geral) e Iman Shumpert (17º, pelo New York Knicks).

Deron Williams foi escolhido pelo Utah Jazz na terceira posição geral em 2005; depois, passou por Brooklyn Nets e Dallas Mavericks até chegar a Cleveland como reserva para Kyrie Irving. Channing Frye (oitavo geral) também acabou eleito nesse Draft pelo New York Knicks - jogou também por Portland Trail Blazers, Phoenix Suns e Orlando Magic.

A escolha número 1 de 12 anos atrás, por sinal, também pode parar em Cleveland: Andrew Bogut deve sair do Philadelphia 76ers, para onde foi trocado com o Dallas Mavericks, e está na mira de várias equipes.

No ano anterior, o New Orleans Hornets recrutou J.R. Smith em 18º na primeira rodada.

Kevin Love - atualmente lesionado e fora da temporada regular - foi a quinta escolha geral em 2008 pelos Wolves. Já no longínquo ano de 2001, o Houston Rockets escolheu Richard Jefferson, que foi passado para o New Jersey Nets e depois jogou por Milwaukee Bucks, San Antonio Spurs, Golden State Warriorsm Utah Jazz e Dallas Mavericks.

No atual elenco dos Cavs, Kyle Korver é o "pior" selecionado: 51º, já na segunda rodada, pelo New Jersey Nets em 2003.

Como comparação, o Golden State Warriors - que decidiu os dois últimos títulos da NBA com o Cleveland Cavaliers - não possui escolhas número 1 de Draft em seu elenco, mas não há como dizer que possui jogadores medianos.

Kevin Durant, grande contratação para esta temporada, foi a escolha número 2 em 2007; nono em 2009, Stephen Curry acabou chegando sem estardalhaço aos Warriors, enquanto seu reserva, Shaun Livingston, foi o quarto em 2004.

Andre Iguodala (nono), Klay Thompson (11º), JaVale McGee (18º) e David West (18º) também se tornaram escolhas de primeira rodada. Damian Jones (30º), Draymong Green (35º) e Zaza Pachulia (42º) foram selecionados na segunda fase dos respectivos Drafts. Já Ian Clark chegou à NBA sem ser draftado.

ESPN