quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Especial: Os cinco maiores medalhistas olímpicos

(Foto: IB Times)

Post em colaboração com Du Noir


Em agosto de 2016, o Brasil sediou um dos maiores eventos esportivos do mundo e foi palco para a aposentadoria do nadador Michael Phelps, maior medalhista olímpico da história. A participação nesse evento histórico, iniciado na antiguidade pelos gregos, representa por si só uma das maiores honras na vida de um atleta. A vitória é uma elevação a outro nível.


Michael Phelps, apenas nessa edição, conquistou 5 medalhas de ouro e 1 medalha de prata, consolidando sua posição como o melhor atleta em quatro olimpíadas consecutivas.

Conheça os cinco maiores medalhistas olímpicos da história:

1. Michael Phelps

Com 28 medalhas no total, sendo 23 de ouro, 3 de prata e 2 de bronze, Michael Phelps tornou-se quase uma lenda. Sua carreira iniciou-se aos 15 anos do atleta, nas Olimpíadas de Sydney em 2000, e rapidamente consolidou-se em Atenas, 2004, com 6 medalhas de ouro e 2 de bronze.

O nadador, que já havia batido o recorde mundial de medalhas em Olimpíadas, pretendia se aposentar em 2012, com 22 medalhas. Para a sorte dos fãs, o amor pelo esporte falou mais forte e ele retornou para mais uma edição, onde se despediu das piscinas olímpicas com mais 6 medalhas.

2. Larisa Latynina

Em segundo lugar, com 18 medalhas no total, temos a ginasta artística soviética Larisa Latynina. A atleta competiu nas Olimpíadas de Melbourne (1956), Roma (1960) e Tóquio (1964), onde conquistou 9 medalhas de ouro, 5 de prata e 4 de bronze.

Larisa, medalhista imbatível por quase meio século, consagrou-se como a maior ginasta artística da história das Olimpíadas. Até hoje, nenhum outro ginasta conquistou mais medalhas do que ela.

3. Nikolay Andrianov

O terceiro maior medalhista olímpico, com 15 medalhas no total, também era ginasta e representava a União Soviética. Nikolay Andrianov obteve 7 medalhas de ouro, 5 de prata e 3 de bronze.

Os seus títulos foram conquistados entre os Jogos Olimpícos de Munique, Montreal e Moscou, de 1972 a 1980. Até ser desbancado por Michael Phelps, em 2012, Nikolay era o maior medalhista homem.

4. Boris Shakhlin

Com 13 medalhas no total, sendo 7 de ouro, 4 de prata e 2 de bronze, Boris Shaklin é o quarto maior medalhista olímpico e terceiro ginasta soviético mais bem-sucedido.

A sua carreira foi simultânea à de Larisa. Ambos competiram nas Olimpíadas de 1956 a 1964, consagrando-se os maiores medalhistas da época e consolidando a União Soviética, país já extinto, como uma potência em ginástica.

5. Edoardo Mangiarotti

Em quinto lugar, está o esgrimista italiano Edoardo Mangiarotti, com um total de 13 medalhas. Além da excelente posição no recorde geral de medalhistas, ele se destaca por ser o esgrimista mais bem-sucedido da história do esporte.

Entre os atletas mencionados, Edoardo também viveu a carreira olímpica mais longa, participando de 5 edições dos jogos ao longo de 24 anos.