domingo, 9 de abril de 2017

Decisão sairá na quarta, mas Neymar dificilmente pegará o Real, diz jornal

(Foto: Reprodução)


Após o juiz relatar na súmula que Neymar encarou o quarto árbitro e o aplaudiu "em ação de menosprezo” em sua primeira expulsão pelo Barcelona, a decisão que poderá tirar o brasileiro do duelo decisivo contra o Real Madrid sairá em reunião do Comitê de Competição na quarta-feira, diz o jornal “Mundo Deportivo”. E, ainda de acordo com a publicação catalã e de outros setores da imprensa espanhola, ele dificilmente escapará de uma punição maior. Assim, sua presença no clássico é improvável.


A previsão é que Neymar cumpra um jogo de suspensão pelo vermelho na próxima rodada, contra o Real Sociedad, semana que vem. Só que menosprezar um membro da arbitragem, como está relatado na súmula da partida deste sábado contra o Málaga, pode causar uma punição de até dois jogos na Espanha. Diante do gancho ampliado, o brasileiro ficaria impossibilitado de entrar em campo contra o Real Madrid, na rodada seguinte, no Santiago Bernabéu.

Uma vez que o Comitê de Competição defina a suspensão, o Barcelona poderá ainda recorrer da decisão. Foi a primeira expulsão do brasileiro com a camisa do clube catalão, que perdia por 1 a 0 naquele momento e não conseguiu buscar a reação. Assim, ele acumula agora cinco vermelhos na carreira: um pelo Barça, outro pela Seleção e três pelo Santos.

Com mais sete rodadas pela frente, o Barcelona estacionou nos 69 pontos após a derrota para o Málaga - contra 72 do líder Real Madrid, que tem um jogo a menos. Como ainda tem um confronto direto contra o rival, daqui a duas semanas dentro do Santiago Bernabéu, o time de Luis Enrique pode diminuir o prejuízo, mas não depende mais de seus próprios esforços para buscar o título.

Globo Esporte