sábado, 29 de abril de 2017

Em jogo de 3 expulsões e 4 pênaltis, Carlos Barbosa bate Joinville por 5 a 4

(Foto: Ulisses Castro/Divulgação)


Os desfalques de Deives e Betão mal foram percebidos pelos torcedores de Carlos Barbosa e Joinville. Mesmo sem os seus respectivos goleadores, gaúchos e catarinenses fizeram um duelo espetacular neste sábado, no Centro de Eventos Sérgio Luiz Guerra, em Carlos Barbosa (RS). Em um jogo tenso, marcado por três expulsões e quatro pênaltis, a ACBF derrotou o Joinville por 5 a 4, conquistando a sua primeira vitória na Liga Nacional de Futsal 2017.

Marcaram para o time laranja: Bruno Souza, Dener, Henrique Di Maria, Kevin e Marlon. Eka (dois), Fellipe Melo e Jackson Samurai balançaram a rede para o Joinville, que volta a jogar pela LNF apenas no dia 8, contra o Joaçaba em Joinville (SC). Já o Carlos Barbosa entra em quadra no próximo sábado, dia 6, contra o Marreco Futsal, fora de casa.

INÍCIO MOVIMENTADO

O jogo mal começou, e o Joinville saiu na frente. Numa cobrança de falta direta, Fellipe Mello acertou o canto do goleiro Augusto, que ficou sem reação. O Carlos Barbosa não demorou a empatar. Menos de um minuto depois, Bruno Souza cobrou escanteio, a bola desviou em Felipe Mello e foi morrer no fundo do gol. Aos cinco, o árbitro pegou um puxão de Fernando em Kevin dentro da área do Joinville. Pênalti. Na cobrança, Dener virou para a ACBF.  

Aos oito, foi a vez de Di Maria ampliar para os gaúchos. O gol saiu após uma assistência de Mithyuê. O Joinville não se entregou e foi buscar a reação. Após pênalti cometido por Alemão, Eka diminuiu para 3 a 2. A cinco minutos do fim, Marlon cometeu a sexta falta do Carlos Barbosa, cedendo um tiro livre direto ao Joinville. Na cobrança, Jackson Samurai estufou as redes empatando o duelo.

O segundo tempo mal começou, e o Carlos Barbosa perdeu Bruno Souza, expulso após falta dura em Jackson. Aos cinco, com a ACBF já com cinco jogadores em quadra, Dian Luka cometeu pênalti em Marlon. O jogador do Joinville recebeu o cartão vermelho na jogada. Na cobrança, Dener carimbou o travessão de Willian. O time gaúcho não se abalou e foi buscar o quarto gol. Aproveitando a superioridade numérica, Kevin fez 4 a 3, voltando a deixar a ACBF em vantagem. 

O jogo seguiu tenso nos minutos seguintes. Aos oito, foi a vez de Fernando ser expulso voltando a deixar o Joinville com um atleta a menos por cinco minutos. Aos dez, Jackson teve a chance de novo empate em mais um tiro livre. Na cobrança, Henrique defendeu com o joelho o chute do Samurai. A cinco minutos do fim, Vander Iacovino decidiu arriscar tudo lançando Jackson como goleiro-linha. Aos 19, Marlon aproveitou o gol vazio para chutar da sua quadra de defesa e fazer 5 a 3. Ainda deu tempo para Eka, mais uma vez de pênalti, diminuir para 5 a 4.

Carlos Barbosa: Augusto (G), Felipe Valério, Diece, Marlon, Bruno Souza, Kevin, Júlio Zanotto, Dener, Alemão, Mithyuê, Rafinha, Rafa, Henrique Di Maria e Henrique (G). Técnico: Marquinhos Xavier.

Joinville: Willian (G), Jackson, Junai, Dian, Leco, Raul, Josué, Eka, Sinésio, Fernando, Fellipe Melo, Xuxa, Dudu (G) e Gabriel. Técnico: Vander Iacovino.

Globo Esporte