sexta-feira, 21 de abril de 2017

Nadal tem dificuldade no início, mas se supera e vai à semi em Monte Carlo

(Foto: REUTERS/Eric Gaillard)


Ex-número 1 do mundo e atualmente na sétima colocação do ranking da ATP, o espanhol Rafael Nadal teve problemas no início do duelo de quartas de final no Masters 1000 de Monte Carlo diante do argentino Diego Schwartzman (atual número 41 do ranking mundial), que teve um início arrasador. Mas a tranquilidade e a experiência do Touro Miúra fizeram a diferença. Ele se superou, controlou seu rival e, como poucos erros não-forçados, acabou vencendo por 2 a 0, duplo 6/4, garantindo assim sua classificação para a semifinal do Masters 1000.


Pela vaga na decisão, Nadal vai encarar David Goffin, que derrotou o sérvio Novak Djokovic mais cedo (confira aqui). A outra semifinal já está definida e terá o francês Lucas Pouille e o espanhol Albert Ramos-Viñolas. O SporTV transmite as partidas, neste sábado, a partir das 8h (horário de Brasília).

O começo de Schwartzman foi implacável. Com um winner na diagonal, quebrou o serviço de Rafael Nadal já no primeiro game sem dar chance para o espanhol pontuar uma vez sequer. O ímpeto do argentino, no entanto, não durou muito. O Touro Miúra não só devolveu a quebra no game seguinte como foi enfileirando pontos até abrir 4 a 1 no placar.

Schwartzman não se deu por vencido e seguiu se defendendo como podia. Foi impondo resistência e crescendo até ter devolver a quebra. Nadal subiu bem à rede e fechou o ângulo para salvar o primeiro ponto, mas na sequência acabou cedendo. Ao confirmar o serviço depois, o argentino igualou o marcador em 4/4.

Schwartzman teve outra oportunidade de quebrar o serviço de Nadal e virar o jogo, mas o espanhol salvou com uma incrível bola na linha e depois confirmou o serviço com um ace. No embalo, o Touro Miúra fez o rival dançar no fundo de quadra, teve sucesso em mais uma quebra e fechou o primeiro set em 6/4.

No segundo set, o jogo começou da forma como era esperada pelos fãs, com Nadal melhor. O espanhol abriu 2 a 0 com tranquilidade. Depois, contudo, baixou o ritmo e, de forma displicente, perdeu um game. Schwartzman confirmou a quebra. Mais tarde, ficou na frente com 4 a 3 no placar. Com apoio da torcida, o Touro Miúra inflamou a partida ao empatar em 4 a 4 após fazer 40 a 0, devolvendo a quebra. Controlando Schwartzman de novo, o espanhol chegou ao primeiro de seis match points e não desperdiçou, fechando em 6 a 4 e explodindo de alegria.

Globo Esporte