segunda-feira, 24 de abril de 2017

"Peço desculpas aos envolvidos", diz Pizzonia após acidente na Stock Car

(Foto: Reprodução)


Um dia após ser o pivô de um acidente na segunda corrida do dia no autódromo de Velopark, neste domingo, em Nova Santa Rita, Rio Grande do Sul, Antônio Pizzonia voltou a comentar sobre o acidente em suas redes sociais. O piloto amazonense, além de explicar novamente que ficou em um "ponto cego" e tentou sair de uma situação, pediu desculpas aos demais competidores envolvidos no acidente.


- Quem já sentou em um desse, sabe o quanto é limitado a nossa visibilidade. De todos que já pilotei, esse é sem duvida o pior em termos de visibilidade... Os famosos "pontos cegos" são vários e ontem, infelizmente os carros vinham exatamente em um dos pontos cegos. O pouco que eu via, era pista livre e como estava em uma zona de perigo, minha reação foi tentar sair dali o mais rápido possível.. Peço desculpas aos pilotos envolvidos. O maior prejudicado poderia ter sido eu mesmo sendo acertado em "T" e até uma fatalidade poderia ter acontecido, como já aconteceu na Stock - explicou o ex-piloto de Fórmula 1.

Pizzonia, que largará na próxima etapa da Stock Car em último, aproveitou para dar uma resposta aos críticos sobre sua decisão no momento do acidente.

- Aos que não fazem ideia do que aconteceu na hora, fica o meu convite pra ficarem atravessado no meio do traçado onde os carros passam a 200Km/h... Fui penalizado e terei que largar em último na próxima corrida. Santa Cruz nos traz boas lembranças... Vamos com tudo! - completou o piloto, que também sofreu uma contusão, no tornozelo esquerdo.

O acidente neste domingo ocorreu qunando Pizzonia tentava a ultrapassar Tuka Rocha no final da reta dos boxes quando os carros se tocaram e saíram da pista. Após a rodada, Pizzonia voltou para o meio do traçado e, quando tentava retornar, recebeu o forte impacto frontal do carro de Lucas Foresti, que foi levado ao hospital, mas já recebeu alta. 

Confira a declaração de Antônio Pizzonia na íntegra

"Quem já sentou em um desse, sabe o quanto é limitado a nossa visibilidade. De todos que já pilotei, esse é sem duvida o pior em termos de visibilidade.. Os famosos "pontos cegos" são vários e ontem, infelizmente os carros vinham exatamente em um dos pontos cegos. O pouco que eu via, era pista livre e como estava em uma zona de perigo, minha reação foi tentar sair dali o mais rápido possível.. Peço desculpas aos pilotos envolvidos. O maior prejudicado poderia ter sido eu mesmo sendo acertado em "T" e até uma fatalidade poderia ter acontecido, como já aconteceu na Stock.. Aos que não fazem ideia do que aconteceu na hora, fica o meu convite pra ficarem atravessado no meio do traçado onde os carros passam a 200Km/h... Fui penalizado e terei que largar em último na próxima corrida. Santa Cruz nos traz boas lembranças.. Vamos com tudo!"

Globo Esporte