sábado, 29 de abril de 2017

Santa mantém fama de carrasco na Ilha e vence Sport em ida da semi do Nordestão

(Foto: Futura Press)


O Santa Cruz deu sequência ao que vem fazendo nos últimos anos: ganhando decisões na Ilha do Retiro. Na primeira partida das semifinais da Copa do Nordeste, a equipe de Vinícius Eutrópio venceu o Sport por 2 a 1 e saiu na frente na disputa por uma vaga na final da competição. O duelo de volta é na próxima quarta-feira, no Arruda, às 21h45.

No duelo de volta, em casa, o Santa tem a vantagem do empate e pode até perder 1 a 0 que se classifica. Se o Sport vencer por por 2 a 1, leva a decisão para os pênaltis. Qualquer vitória por um gol de diferença acima disso, dá a vaga ao Leão. Caso vença por dois ou mais, os rubro-negros também passam para a decisão.

PRIMEIRO TEMPO

No primeiro tempo, as propostas de jogo ficaram bem claras. O Sport era quem tomava a iniciativa das jogadas ofensivas e tinha a intenção de pressionar a saída de bola do Santa Cruz. A Cobra Coral conseguiu evitar o sufoco quando tinha a bola. Ainda assim, o Leão era mais perigoso. As principais chances eram pelos lados do campo. Mena conseguiu alguns avanços pela esquerda, mas a grande arma era Diego Souza pela direita. Pelo lado tricolor, a aposta principal era no contra-ataque, fundamento em que Thomás se destacou. Foi dele a jogada para o gol de Léo Costa, que abriu o placar. Mas a vantagem coral não durou muito. Pouco depois, Diego Souza fez jogada pela direita da grande área e foi derrubado por Tiago Costa. Pênalti que ele mesmo converteu para igualar.

SEGUNDA ETAPA

Na etapa final, as estratégias de cada time ficaram ainda mais evidentes. A pressão do Sport aumentou, o Santa ficou ainda mais em seu campo de defesa e teve ainda menos oportunidade de contra-atacar. Quando foi ao ataque, no entanto, foi cirúrgico. André Luis, que entrou no segundo tempo, fez grande jogada para Pitbull virar.

Globo Esporte