sexta-feira, 26 de maio de 2017

Após susto, cirurgia e alta, Bourdais se diz "ansioso" para voltar às pistas

(Foto: Reprodução)


Bater de frente em um muro a 350km/h deve ser algo nada menos do que assustador. E foi esse o susto que levou Sébastien Bourdais nos treinos classificatórios para as 500 Milhas de Indianápolis, no último domingo. Operado no mesmo dia para corrigir as múltiplas fraturas que sofreu na bacia, o francês de 38 anos recebeu alta na última quarta-feira e impressionou a todos ao deixar o hospital andando com a ajuda muletas. E apesar de lamentar não poder disputar a edição deste ano da Indy 500 neste domingo, Bourdais não vê a hora de voltar às pistas:

- Ansioso para voltar aos carros de corrida - escreveu em sua conta no twitter, onde também agradeceu ao hospital no qual ficou internado, à Indy e à equipe médica que o atendeu no circuito.

E para voltar o mais rápido às pistas, Bourdais já iniciou a preparação física, com sessões de fisioterapia. E nem o fato de precisar da ajuda de muletas por um tempo parece abalar o dono dos títulos de 2004 a 2007 da Champ Car, uma das vertentes da Indy na época que a categoria se dividiu em duas.

Ainda não há previsão de quando Bourdais poderá retornar às pistas. A etapa seguinte da Indy é uma rodada dupla em Detroit, nos dias 3 e 4 de junho.

A edição 2017 das 500 Milhas de Indianápolis será disputada neste domingo, a partir de 13h00 e contará com a ilustre participação do bicampeão mundial de Fórmula 1, Fernando Alonso.

Globo Esporte