domingo, 21 de maio de 2017

Com golaços, Botafogo faz 2 a 0 na Ponte e vence a primeira no Brasileirão

(Foto: Satiro Sodré/SS Press)


O Botafogo fez apenas o suficiente e venceu a Ponte Preta por 2 a 0 na noite deste domingo, no Nilton Santos, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O suficiente, porém, neste caso, pode ser entendido também como dois golaços dos volantes Bruno Silva e Rodrigo Lindoso. Foi a primeira vitória do Alvinegro na competição.

Bruno Silva e Rodrigo Lindoso estavam inspirados nesta noite. No primeiro tempo, Bruno arriscou de longe após rebote da zaga da Ponte Preta e abriu o placar. No segundo, Lindoso decidiu "imitar" o companheiro de meio de campo e também marcou de ainda mais longe. Sorte de quem estava no Nilton Santos!

Com a vitória, o Botafogo chega a três pontos no Campeonato Brasileiro e fica na 12ª posição da tabela. A Ponte Preta, com a mesma pontuação, está em nono lugar. O time carioca volta a campo no próximo domingo para enfrentar o Bahia, às 19h (de Brasília), no Nilton Santos. No mesmo dia, os paulistas vão a Belo Horizonte enfrentar o Atlético-MG, às 11h (de Brasília), no Independência.

O jogo no Nilton Santos era equilibrado até os 20 minutos do primeiro tempo. Os dois times ficavam muito pouco com a bola e erravam passes decisivos na hora de criar jogadas. Até que Bruno Silva aproveitou um lance mal afastado pela Ponte Preta e abriu o placar para o Botafogo. A partir de então, os visitantes tentaram sair mais para o ataque, mas ainda sem sucesso por causa dos erros sucessivos no setor de criação.

Depois do intervalo, à frente no placar, o Botafogo recuou um pouco, mas não o suficiente para ser pressionado pela Ponte Preta. Os donos da casa seguiram dando trabalho aos visitantes com contra-ataques bem construídos, mas foi novamente de fora da área que o Alvinegro colocou números finais à partida: Rodrigo Lindoso arriscou de mais longe ainda do que Bruno Silva e ampliou o placar no Nilton Santos.

Depois do segundo gol sofrido, a Ponte Preta se lançou de vez ao ataque e deu ainda mais espaços ao Botafogo, mas ninguém mexeu mais no resultado.

Globo Esporte