sexta-feira, 5 de maio de 2017

Com novo patrocínio, seleção de Rafting busca novos títulos e prestígio no esporte brasileiro

Seleção em Pan-Americano de 2010 (Foto: Marcos Labanca)

Por Nicholas Araujo
Redação Blog do Esporte


Em busca de quebrar paradigmas no âmbito esportivo, a seleção brasileira de Rafting fechou um novo patrocínio para melhorar sua performance nas águas e conquistar novos títulos nacionais e internacionais. Este ano, a equipe firmou um acordo com o Grupo Radici para a confecção de um novo modelo de uniforme, mais leve e tecnológico para as competições.

De acordo com o técnico da equipe, André Brandão, o novo traje será ideal para as competições deste ano e para aumentar o incentivo ao esporte pouco conhecido no país. "Sem essa parceria nada seria possível. Em 12 anos de seleção é mais difícil chegar no aeroporto do que treinar e competir, pois o incentivo e muito difícil, e isso acaba te distanciando do esporte. Sem esse super apoio, a nossa equipe certamente teria muitas dificuldades em não conseguir se quer chegar no aeroporto para embarcar".

O novo uniforme será produzido com poliamida, matéria-prima ideal para o vestuário desportivo, e que aumenta a capacidade de retenção do calor, melhora a troca de ar com o ambiente, além de ser um excelente isolante térmico.

(Foto: Marcos Labanca)

O que é o Rafting?

Pouco difundido no Brasil, a Rafting consiste na descida de corredeiras através de botes infláveis com o auxílio de remos. A equipe treinada por Brandão está localizada em Brotas (SP) e desde 2003 ela representa a seleção brasileira em competições oficiais.

As modalidades são divididas em classes, numeradas de 0 a 6, onde zero é o local de competição sem corredeiras e o seis é o local com maior número de corredeiras, além do perigo eminente de morte. No bote são pelos menos seis atletas que descem o rio no trajeto delimitado.

"A equipe existe desde 2002, quando se sagrou campeã brasileira pela primeira vez. Brotas é a capital do esporte aventura no Brasil, somos privilegiados pela rica natureza que Deus nos deu. Na verdade a seleção só é aqui na cidade devido a conquista da vaga. Em um campeonato nacional existe a seletiva e a equipe que ganha tem o direito de representar o Brasil em eventos internacionais", explica André.

O Rafting brasileiro tem um extenso currículo de competições e conquistas. A equipe de Brotas já se sagrou 14 vezes campeã brasileira e seis vezes campeã mundial. Atualmente, os atletas disputam o Campeonato Brasileiro que ocorre em cinco cidades nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país, além da preparação para o mundial deste ano em Mioshy, no Japão, onde a seleção busca o sétimo título mundial.

Para Brandão, o esporte precisa de maior atenção, principalmente para ser difundido em outras regiões do Brasil e manter a qualidade técnica. "[É necessário] incentivo fiscal e apoio da mídia no geral, pois o Brasil hoje já contabiliza mais de 15 títulos mundiais, pois é campeão mundial em varias modalidades. E detalhe todas essas categorias são da cidades de Brotas", completa.

(Foto: Reprodução)