terça-feira, 30 de maio de 2017

Cotado na Internazionale, Spalletti rescinde com a Roma após vice do Italiano

(Foto: EFE)


A Roma oficializou nesta terça-feira a saída do técnico Luciano Spalletti. Apesar da boa campanha, como o vice-campeonato do Italiano, o comandante vinha sendo bastante contestado pelos torcedores e chegou a ser vaiado na despedida de Totti, no último domingo.

A rescisão de contrato foi em comum acordo entre as duas partes e coincide com a chegada do diretor de futebol Monchi Rodríguez, vindo do Sevilla. Spalletti está cotado para assumir a Internazionale, que busca um nome de alto calibre para o lugar de Stefano Vecchi, ainda no cargo.

- Gostaríamos de registrar nossos mais sinceros agradecimentos a Luciano Spalletti pelo seu trabalho duro e significante contribuição que ele fez para o clube desde seu retorno. Sob seu comando nesta temporada, a equipe conquistou mais pontos e fez mais gols que qualquer outro momento da Roma na história do Campeonato Italiano. Nós desejamos a Luciano o melhor para o futuro - disse o presidente Jim Pallotta em nota oficial.

Depois de dirigir a Roma entre 2005 e 2009, Spalletti retornou em janeiro de 2016 e teve um bom desempenho na última temporada do Campeonato Italiano, ficando atrás somente da Juventus e garantindo vaga direta na Liga dos Campeões. O treinador agradeceu a oportunidade.

- Sou grato à toda a equipe técnica, aos jogadores e o "time invisível", que trabalha nos bastidores para que possamos fazer nosso trabalho. Penso que trabalhamos bem e fizemos um trabalho profissional. Deixamos a Roma em um bom lugar - comentou Spalletti em coletiva.

A Roma agora busca um novo treinador e a imprensa italiana especula que Eusebio Di Francesco, atual comandante do Sassuolo, é o favorito para a vaga.

Globo Esporte