sexta-feira, 5 de maio de 2017

Diretor promete mais rigor da CBF com os gramados nas Séries A, B e C

(Foto: Marcos Ribolli)


A CBF vai acompanhar de perto o estado dos gramados das Séries A, B e C do Brasileirão. Segundo o diretor de competições da entidade, Manoel Flores, haverá mais rigor no controle da qualidade dos campos de futebol, principalmente depois de shows. Em entrevista ao "Seleção SporTV", o dirigente afirmou que, se uma arena receber um evento, a CBF terá que ser avisada e só vai liberar o gramado após uma vistoria.

- A gente incluiu no regulamento deste ano o que a gente observou ao longo desse ano. Ao longo do ano, a gente coleta informações, experiências que a gente vivencia, e inclui no regulamento, se achar pertinente. Nesta linha, vem a questão dos eventos estranhos ao futebol, o show que costuma acontecer nas arenas. Em havendo o show, a CBF precisa tomar ciência e, aí sim, a CBF vai liberar após uma vistoria. A gente encontra experiências, e não são poucas, de estádios que voltam para o futebol, após um show, com gramados em condições ruins para a prática do fuebol. Isso é uma novidade, algo regulamentado para este ano, que será exigido. A CBF irá atuar bem forte em cima disso - disse Manoel Flores.

O diretor da CBF afirmou ainda que, além de procurar manter a padronização das medidas dos estádios, há novas exigências para este ano, por exemplo na iluminação. Manoel Flores disse que os clubes da Série C foram incluídos na nova regra e, no futuro, também os estádios da Série D também deverão estar de acordo com estas normas.

- A gente padronizou as medidas, as dimensões dos campos das Séries A e B. Neste ano, estamos checando se foram mantidas essas dimensões. Estendemos isso à Série C, incluímos no projeto questões de iluminação. Fornecemos às Séries A, B e C projetos de iluminação, para que atinjam uma quantidade de lux ideal para a televisão, para transmitir as partiads. São medidas que a gente tem feito para agregar valor à competição, em suas quatro séries, porque no futuro vamos incluir a Série D também.

Globo Esporte