terça-feira, 9 de maio de 2017

Fifa rejeita manobra dos EUA e irá aceitar outras candidaturas para a Copa de 2026

(Foto: Getty Images)

Por Redação Blog do Esporte


O Conselho da Fifa rejeitou a proposta dos EUA de tentar uma manobra para barrar outras candidaturas a sede da Copa do Mundo de 2026. A ideia era barrar novas candidaturas para que a entidade máxima do futebol aceitasse realizar a Copa nos EUA, Canadá e México.

Segundo a Fifa, o movimento foi considerado pouco transparente e a manobra foi vetada. Agora a entidade estabeleceu um prazo de três meses para que novas candidaturas sejam apresentadas. As candidaturas serão analisadas no Congresso anual da Fifa em 2018, pouco antes da Copa da Rússia. No entanto, a candidatura em conjunto deve ser a única apresentada para 2026.

A Copa de 2026 será a primeira com 48 seleções e a primeira cuja escolha da sede será no voto de 2210 associações nacionais que compõem a Fifa. Antes, a decisão ficava por conta do Comitê Executivo, hoje Conselho da Fifa. Além disso, foi mantido a regra que impede a realização de uma Copa do Mundo no mesmo continente que sediou a última ou a penúltima edição do torneio.

A ideia é que a Copa de 2026 aconteça nos países da Concacaf, e que posteriormente, em 2030, a Conmebol tente a candidatura do Uruguai, para comemorar os 100 anos do primeiro mundial. Para 2026 e 2030, nem Europa e nem a Ásia podem participar das sedes, o que impede a candidatura da China para 2030.