segunda-feira, 29 de maio de 2017

Huddersfield Town supera Reading nos pênaltis e volta à elite inglesa após 45 anos

(Foto: Reprodução)


O Huddersfield Town está de volta à primeira divisão inglesa após 45 anos. O time de coração de Patrick Stewart, o professor Xavier do X-Men (que esteve entre as 76.682 pessoas que marcaram presença em Wembley nesta segunda-feira), derrotou o Reading de virada nos pênaltis, por 4 a 3, após empate em 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação.

Após os acessos do campeão Newcastle e do vice Brighton & Hove Albion na temporada regular da segunda divisão inglesa, o Huddersfield Town precisou passar pelo mata-mata com Fulham, Sheffield e Reading para jogar a elite pela primeira vez na era Premier League (que terá seu 49º time diferente na próxima temporada).

Promoção renderá R$ 715 milhões

O Huddersfield, que chegou a jogar a quarta divisão 2003/04 e só subiu para a segunda em 2011/12, fez grande grande temporada, mas caiu na reta final da Championship. Ainda assim, com um saldo de gols negativo, conseguiu ir aos playoffs para conseguir o acesso histórico.

O time, tricampeão inglês na década de 20, vai faturar ainda uma bela bolada com o acesso à Premier League: 170 milhões de libras (R$ 715 milhões). O valor, segundo cálculos do "Bleacher Report", representa ganhos com direitos de televisão, além do aumento de arrecadação em bilheterias e patrocínios com a participação na primeira divisão.

Globo Esporte