quinta-feira, 4 de maio de 2017

Jovem de 21 anos faz 3º melhor tempo do ano e vence 100m livre; Cielo é terceiro

(Foto: Reprodução)


No dia em que completou 21 anos de idade, Gabriel Santos comemorou a vitória nos 100m livre do Troféu Maria Lenk, última seletiva para o Campeonato Mundial da modalidade, que será em julho, na Hungria. Na tarde desta quinta-feira, ele venceu com 48s11, terceiro melhor tempo do mundo na temporada, deixando para trás Marcelo Chierighini (48s76) e Cesar Cielo (48s92). Integrante do revezamento 4x100m do Brasil na Olimpíada, Gabriel comemorou o resultado:

- Acho que fazer o terceiro melhor tempo no dia do aniversário e só comemorar. É agradecer todo mundo, foi sensacional.

Cesar Cielo conseguiu baixar dos 49s, o que era um dos objetivos, mas o terceiro lugar não o deixou contente:

- Eu tinha mirado fazer um pouco mais baixo, mas ao mesmo tempo é uma prova que eu quero fugir desde o começo do ano (risos) - disse Cielo.

O resultado de Gabriel o coloca em terceiro lugar na lista dos oito melhores nadadores do país nas seletivas (veja ranking abaixo), o colocando próximo do Mundial. Já Cesar Cielo ainda está inscrito em duas provas no Maria Lenk: 50m borboleta, nesta sexta-feira, e 50m livre, no sábado. Esta última, na qual foi tricampeão mundial (2009/11/13) e campeão olímpico (2008), é sua principal aposta para conseguir um lugar no Mundial.

Leo de Deus top 5 do mundo

Leonardo de Deus venceu os 200m borboleta com o tempo de 1m54s91, melhor marca da vida dele. Semifinalista olímpico na Rio 2016, o nadador da Unisanta assumiu, assim, a quarta posição no ranking mundial da prova.

- Eu estou muito feliz, fazia muito tempo que estava buscando baixar essa marca. Esse ano é mágico, mudei de clube, técnico, estou com estrutura, estou trabalhando muito mais tecnicamente, só tenho a agradecer - disse.

Show nos 50m peito

Os brasileiros conseguiram ótimos resultados nos 50m peito, prova que não é olímpica, mas é disputada em Campeonatos Mundiais. João Gomes, que já conseguiu um grande tempo nos 100m peito na terça-feira, venceu os 50m com 26s83, segundo mais rápido do ano no mundo. Na mesma disputa, Felipe Lima anotou 27s00, quinta marca da temporada.

No feminino, Jheniffer Conceição quebrou o recorde sul-americano dos 50m peito com 30s63, marca que era de Ana Carla Carvalho desde 2009, e cravou seu nome entre as cinco primeiras do ranking mundial.

Guido e Etiene vão bem nos 50m costas

Dominantes no estilo costas, Guilherme Guido e Etiene Medeiros conseguiram bons resultados na final dos 50m nesta quinta-feira. Guido venceu com a marca de 24s78, quarto colocado no ranking mundial de 2017, e Etiene levou a prova feminina com 27s62, quinta melhor do planeta na temporada. Ela entrou a semana com uma virose:

- Eu acho que quando você passa por uma coisa difícil, tem que bolar a melhor estratégia. Vimos que seria melhor abrir mão dos 100m livre. Não me sinto 100%, mas tenho que dar meu máximo, por mais que eu esteja doente, é o que eu tenho do meu corpo agora. Tenho que trabalhar com isso aí - disse.

Critérios para o Mundial

O Maria Lenk é a última seletiva para o Mundial da Hungria, que será em julho. Mas, os atletas ainda não sabem qual será o índice para cada prova, já que o regulamento final do critério classificatório só será divulgado no dia 11 de maio. A princípio, apenas os oito melhores colocados, baseado no ranking da FINA que compara todas as provas, vão ao Mundial, mas isso pode mudar.

A pontução é deteminada pela tabela da Federação Internacional de Natação (FINA). Nela, o tempo referente ao recorde mundial em cada uma das provas vale 1000 pontos. Quanto mais perto do recorde, maior é a pontuação. Isso causa algumas distorções. O tempo de Thiago Simon, 3º na lista do país, feito nos 200m peito (2m10s78) seria o 12º da Olimpíada. Para fazer os mesmos 910 pontos de Thiago, mas nos 50m livre, Cesar Cielo teria que fazer 21s57, que seria 4º colocado nos Jogos do Rio.

Quem estaria classificado para o Mundial

1. Felipe Lima do Minas 100 peito 930 pontos
2. Gabriel Santos do Pinheiros 100 livre 927 pontos
3. João Luiz Gomes Jr do Pinheiros 100 peito 926 pontos
4. Thiago Simon do Unisanta 200 peito 915 pontos
5. Leo de Deus do Unisanta 200 borboleta 913 pontos
6. Marcelo Chierighini do Pinheiros 100 livre 907 pontos
7. Henrique Martins do Minas 100 borboleta 901 pontos
8. Guilherme Guido do Pinheiros 100 costas 901 pontos
9. Brandonn Almeida do Corinthians 400 medley 901 pontos

Globo Esporte