segunda-feira, 29 de maio de 2017

Ponto de Opinião: Sinalizadores ainda são um caso marginalizado na conduta do Campeonato Brasileiro

(Foto: Reprodução)

Por Redação Blog do Esporte


Na partida entre Corinthians e Atlético Goianiense no Estádio Serra Dourada nesse domingo (28), torcedores visitantes acenderam sinalizadores e fizeram a partida ficar parada por alguns minutos até que a fumaça não atrapalhasse a visibilidade dos jogadores. A CBF faz vista grossa, mas parece que o caso ainda está longe de acabar.

Não é de hoje que o futebol "briga" contra os torcedores que entram nos estádios apenas pela confusão. Os casos vão desde sinalizadores acessos e que podem causar algum acidente, até brigas generalizadas que causam ferimentos e até mortes.

O que me parece é a CBF tem critérios diferentes para tratar desse assunto. Por mais que o clube seja punido, é necessário que o torcedor tenha consciência da gravidade do que está fazendo ou que esteja nas arquibancadas apenas para melhorar o espetáculo. É importante uma festa de cores nos jogos, da torcida apoiando e sem brigas, mas é preciso um consenso entre CBF e clubes. Falta diálogo onde a CBF manda sem pudor e os clubes reclamam até não poder mais.

Vamos ver até onde esse história ainda continuará sem solução.