domingo, 7 de maio de 2017

Presidente do Vitória confirma negociação com Ricardo Gomes e promete reforços

(Foto: Reprodução)


Desde que Argel Fucks foi demitido do Vitória, o discurso da diretoria foi de que o clube não pensava em um substituto no momento. Mas não foi bem assim. Logo após a conquista do título baiano, o presidente do clube, Ivã de Almeida, revelou que, antes mesmo da contratação de Petkovic, o Leão já tinha nomes e contatos para assumir o comando técnico da equipe.

De acordo com Ivã, o clube tomou cuidado para que as especulações e negociações não atrapalhassem a preparação da equipe para a final do estadual. Ainda assim, Petkovic foi ao Rio de Janeiro para se reunir com Ricardo Gomes, o favorito para comandar o Leão.

- Não é que seja o preferido. A gente abriu um leque de técnicos que podem assumir o Vitória. A partir daí, fizemos um monte de análise. Essa avaliação do técnico vai ser feita amanhã (segunda-feira). Até quarta ou quinta-feira teremos o nome do técnico - disse em entrevista à rádio Transamérica.

O dirigente acrescentou que Carlos Amadeu foi a primeira opção da equipe, mas que o vazamento da informação atrapalhou o negócio.

- Carlos Amadeu vazou na imprensa, e a própria CBF resolveu fazer um acordo com o técnico. Futebol é assim - lamentou.

Em relação aos reforços, o presidente do Vitória disse que dois nomes deverão ser anunciados esta semana. Mesmo sem querer citar nomes, Ivã de Almeida confirmou que Erik, do Palmeiras, é um deles.

- Não dou nomes porque qualquer coisa que a gente fale pode dificultar a negociação. O Palmeiras nos colocou à disposição de liberar Eric. A gente só considera que o atleta está contratado no momento que assina - concluiu.

Veja outros temas abordados por Ivã de Almeida

Planejamento para o Brasileiro

- O Campeonato Brasileiro começou a ser pensado a partir de janeiro. As competições intermediárias seriam consequência. O forte mesmo é o Campeonato Brasileiro. Estamos discutindo reforços para o clube que vamos precisar para manter esse time grande, forte. Temos hoje uma gratidão muito grande por essa torcida, que veio e apoiou o tempo todo. É assim que vamos vencer.

Comemoração

- O elenco, como todos do Brasil de Série A, vai passar por situação de reforço. Todos esses elencos. Isso é normal. Isso nós sabíamos desde o primeiro momento. Não tenha dúvida que nós sabemos o que estamos fazendo. Petkovic veio para reforçar, inclusive, a parte de gestão de futebol. Somos bicampeões baianos. Estamos conquistando um título invicto.

Novo treinador

- Nós temos acertado ainda não. Para mim, acertado é só assinado. Hoje mesmo nos reunimos. Estamos discutindo a questão do técnico. A torcida pode ficar ciente que estamos fazendo um processo muito profissional. É difícil hoje buscar um técnico. Não é tão simples assim. Os técnicos estão empregados. A gente tem que trabalhar em cima dos que não estão empregados. Não resta dúvida que nós sabemos o grau de responsabilidade que é. Nós sabemos o elenco que temos e o grau de participação desse gestão o futebol. Não quero fazer avaliação do técnico que já se foi. Meu problema é agora para frente. É o técnico que vamos colocar. Petkovic viajou, voltou e está trazendo algum diagnóstico de técnico. É por aí.

Nomes

- Todos os nomes que têm falado são nomes fortes. Falaram de Jorginho, Ricardo, Eduardo, Micale, enfim, todos esses técnicos estão sendo avaliados. Na verdade, não é o técnico que vai escolher o Vitória. É o Vitória que vai escolher o técnico. Essa é a diferença. Tem muita gente oferecendo técnico. Mas o caminho é outro.

Globo Esporte