segunda-feira, 5 de junho de 2017

Com desfalques, Tite simula clássico em quadrado no treino da Seleção

 (Foto: Pedro Martins/MoWA Press)


Ainda sem oito jogadores, que se apresentarão entre as manhãs de terça e quarta-feira, no horário de Brasília, Tite comandou o primeiro treino da Seleção em Melbourne, na Austrália. Na maior parte da atividade, ele posicionou os 15 atletas disponíveis num quadrado, que englobava uma das áreas e terminava na intermediária desta metade do campo.

Dentro desse espaço, o técnico simulou algumas possíveis características do amistoso de sexta-feira, contra a Argentina. Sem a bola, movimentação defensiva diante da troca de passes da outra equipe. Espera-se que Jorge Sampaoli tente dominar a seleção brasileira com maior tempo de posse de bola em sua estreia no comando argentino.

Quem treinou:
Goleiro: Diego Alves
Laterais: Rafinha e Filipe Luís
Zagueiros: Thiago Silva, Gil, David Luiz e Jemerson
Volante: Fernandinho
Meias: Renato Augusto, Philippe Coutinho, Willian e Giuliano
Atacantes: Gabriel Jesus, Douglas Costa e Taison

Cada um dos convocados foi recebido no campo com um abraço do técnico, que chegou do País de Gales, onde acompanhou o título do Real Madrid na Liga dos Campeões, diretamente para o treino.

Com a bola, os jogadores tinham de encontrar espaço numa defesa compacta. Diego Alves era o único goleiro, enquanto sete defendiam e sete atacavam. As formações revezaram bastante, mas foi possível detectar alguns aspectos da escalação: Thiago Silva e Gil, por exemplo, ficaram sempre lado a lado, enquanto David Luiz e Jemerson formavam a outra dupla.

Thiago e Gil serão os titulares no amistoso de sexta, se não houver nenhum imprevisto.

Diego Alves foi um dos destaques da atividade, com bastante reflexo em algumas defesas. Por enquanto, ele é o único goleiro à disposição. No treino de terça-feira, o lateral-direito Fagner, o meia Rodriguinho, o goleiro Weverton e o volante Paulinho já estarão com o grupo.

O zagueiro Rodrigo Caio e o atacante Diego Souza só treinarão na quarta, enquanto o goleiro Ederson, contratado pelo Manchester City por R$ 145 milhões, se apresentará na véspera do clássico diante da Argentina, em razão do nascimento de sua filha. No dia 13, também em Melbourne, a Seleção enfrentará a Austrália.

Globo Esporte