segunda-feira, 5 de junho de 2017

Dia #9 em Roland Garros: Murray consciente, queda de Soares e final feminina antecipada

(Foto: Getty Images)


Depois de vencer a promessa russa Karen Khachanov em mais uma bela atuação, Andy Murray foi perguntado sobre os atentados na Inglaterra - semana passada em Manchester, e neste fim de semana em Londres.

Memória curta

O adversário nas quartas de final será Key Nishikori, quem vem em uma caminhada instável em Roland Garros, e nesta segunda bateu Fernando Verdasco por 0/6, 6/4, 6/4 e 6/0. O japonês é freguês do britânico - foram 8 derrotas em 10 jogos. Uma das duas vitórias foi nas quartas de final do Aberto dos Estados Unidos ano passado. Perguntado sobre a partida na coletiva de imprensa, Nishikori disse que não se lembrava. 

Stan x Cilic e a superstição 

Campeão em Paris em 2015, Stan Wawrinka teve trabalho para superar Gael Monfils, último francês em Roland Garros, por 7/5, 7/6 (7) e 6/2. É novamente favorito contra Marin Cilic nas quartas de final. O croata contou com a desistência do sul-africano Kevin Anderson quando vencia por 6/3 e 3/0. Vencer Anderson traz boas recordações para Cilic. No penúltimo duelo, em 2014, valeu o título do ATP 250 de Delray Beach, nos Estados Unidos. 

Final antecipada?

Também não houve zebras no torneio feminino. Mas tirando Simona Halep, as favoritas passaram sufoco. Enquanto a romena cabeça #3 passeou sobre a espanhola Carla Suarez Navarro com duplo 6/1, a Elina Svitolina [5] teve problemas diante da croata Petra Martic, avançando de virada com 4/6, 6/3 e 7/5. As duas vão repetir a final do Premier de Roma, quando a ucraniana venceu um duelo marcado por contusões dos dois lados. 

De olho no primeiro lugar do ranking, caso chegue na decisão, Karolina Pliskova também penou para superar a paraguaia raçuda Veronica Cepede Royg, com 2/6, 6/3 e 6/4, e vai enfrentar uma tenista da casa, Caroline Garcia, que eliminou a compatriota Alizé Cornet por 6/2 e 6/4. 

Machucou

Nas duplas, uma vitória doída para Bruno Soares e Jamie Murray nas quartas de final diante do mexicano Santiago Gonzalez e do americano Donald Young por 3/6, 7/6(3) e 7/6(4). A dupla cabeça #5 perdeu chances para quebrar o serviço adversário no terceiro set, quando Young foi decisivo no saque. 

- Obviamente é uma derrota difícil de digerir. Doeu bastante, muito pela situação do jogo e pelo nível de tênis que estávamos jogando. Nessas oportunidades a gente sabe que tem chances de brigar pelo título, mas é difícil falar agora, logo depois da derrota - disse Bruno.  

Resta ao Brasil a parceria de Rogério Dutra Silva e o italiano Paolo Lorenzi, que antes do torneio começar era das menos cotadas. Eles enfrentam Fernando Verdasco (ESP) e Nedan Zimonjic (SER), não antes das 12h. Nas duplas mistas, não antes das 7h, Marcelo Demoliner e María José Martinez Sanchez (ESP) duelam contra Roberto Farah (COL) e Anna-Lena Groenefel (ALE). 

Começam as quartas de final

Quadra Phillippe-Chatrier
9h - Kristina Mladenovic (FRA) [13] x Timea Bacsinszky (SUI) [30]
Seguido de - Pablo Carreno Busta (ESP) [20] x Rafael Nadal (ESP) [4]

Quadra Suzanne-Lenglen
9h - Jelena Ostapenko (LET) x Caroline Wozniacki (DIN) [11]
Seguido de - Dominic Thiem (AUT) [6] x Novak Djokovic (SRB) [2]

Globo Esporte