terça-feira, 13 de junho de 2017

Vestiário do Palma Travassos sofre com vandalismo após jogos das categorias de base

(Foto: Divulgação / Comercial FC)

Por Redação Blog do Esporte


O vestiário destinado a equipe do Batatais no último fim de semana, para a disputa das categorias de base no Estádio Palma Travassos, em Ribeirão Preto (SP), foi danificado após os jogos do sub-15 e sub-17 entre o Fantasma e o Comercialm válidos pelo estadual. Um boletim de ocorrência foi registrado pela diretoria alvinegra e o caso será investigado.

Ao inspecionar o vestiário destinado ao Batatais, funcionários do Comercial encontraram o local com as paredes de gessos danificadas, torneiras e chuveiros quebrados, além do chão sujo. Segundo a direção do clube, o prejuízo pode chegar a R$ 5 mil.

Uma vistoria foi realizada nessa segunda-feira (12), depois do registro do boletim de ocorrência. Fotos e vídeos do vestiário foi anexados ao boletim e notificado para a Federação Paulista de Futebol (FPF). De acordo com o presidente do Batatais, Reginaldo Barbo, os jogadores e responsáveis pela base do clube, que é terceirizada, negam os fatos.

Técnico se pronuncia

O responsável pelas equipes de base do Batatais, Jeyson Roselli, que também é técnico do sub-15, nega que os jogadores tenham vandalizado o local após o jogo de sábado. Ainda segundo Roselli, quando a delegação chegou, apenas uma divisória estava quebrada e o chão estava sujo, e foi desta maneira que ficou após a saída do time visitante.

“Venho por meio dessa mensagem repudiar as informações de que a equipe do Batatais, na partida contra o Comercial, realizada em Palma Travassos, tenha quebrado o vestiário do estádio. É lamentável tais informações vinculadas em todos os meios de informação sem provas cabíveis e concretas de tais atos praticados pelos meus atletas e comissão técnica”, disse Roselli.

O caso está sendo investigado pela polícia, mas já há suspeita que torcedores do Fantasma tenham entrado no vestiário e praticado o ato de vandalismo. O estádio volta a receber a disputa do sub-15 e sub-17 do Campeonato Paulista nesta quinta-feira (15).

A empresa WG Sports, que gerencia as categorias de base e pertence ao ex-vereador Walter Gomes, ainda não se pronunciou sobre o caso.

(Foto: Divulgação / Comercial FC)