segunda-feira, 3 de julho de 2017

Direção do Inter admite carências e quer aproveitar janela para fortalecer grupo

 (Foto: Ricardo Duarte/Divulgação)


Desde que iniciou a temporada, a direção do Inter iniciou uma verdadeira reformulação no elenco, seja para qualificar o time ou para negociar atletas que ficaram marcados pelo rebaixamento. Há, no entanto, a convicção de que o grupo precisa de acréscimos se quiser realmente voltar para a Série A.


Após a derrota por 1 a 0 diante do Boa Esporte, em pleno Beira-Rio, a direção colorada admitiu que há carências no elenco. Ou seja, o Inter deverá se lançar no mercado em busca de, ao menos, um zagueiro e meia articulador.

– A gente sabe ainda que o grupo tem algumas carências. Estamos trabalhando para tentar dar para o Guto o melhor grupo de jogadores possível – admite o vice de futebol Roberto Melo.

Presidente do Inter, Marcelo Medeiros faz discurso semelhante ao de Melo. E lembra da abertura da janela de transferências.
– Fizemos uma reengenharia, houve uma saída grande de atletas, outras chegadas. Ainda há uma janela, vamos tentar fazer o melhor grupo possível – diz Medeiros.

Uma das posições buscada pela diretoria é para a zaga. Em entrevista recente à Rádio Gaúcha, Melo mostrou otimismo para repatriar Rodrigo Moledo. Após receber um “não”, a direção colorada aproveita mudanças na cúpula do Panathinaikos para tentar finalizar a contratação.

– Queremos fazer a negociação renascer, digamos assim. Houve umas mudanças lá no clube grego, peças que estavam dificultando o negócio. O jogador sempre demonstrou interesse de voltar – contou Melo.

Os reforços de 2017

Zagueiros: Danilo Silva, Klaus, Neris e Cuesta
Laterais: Alemão, Carlinhos e Uendel
Meio-campistas: Gutierrez, Edenílson e Alex Santana
Atacantes: Pottker, Marcelo Cirino, Roberson e Carlos

Outra necessidade é por um meia articulador capaz de ajudar ou ser o eventual substituto de D’Alessandro. Régis, do Bahia, teve o nome especulado, mas a negociação não teve avanço.

Desde o início do ano, foram dez reforços para o elenco. A diretoria contratou Danilo Silva, Klaus, Neris (já deixou o clube), Victor Cuesta, Alemão, Carlinhos, Uendel, Gutierrez, Edenílson, Pottker, Roberson e Carlos. Já o meia Alex Santana foi chamado de volta para o clube, mas acabou afastado por indisciplina.

Suspensos e retornos

Para o próximo final de semana, Guto terá dois desfalques. No sábado, Danilo Silva e Carlinhos acabaram punidos por terceiro cartão amarelo. Por outro lado, o técnico terá os retornos de Uendel e Felipe Gutiérrez. O lateral-esquerdo ficou fora neste final de semana justamente porque estava suspenso por cartões, enquanto o chileno retorna após defender a seleção de seu país pela Copa das Confederações.

Durante a semana, o treinador ainda aguardará o departamento médico. Isso porque Nico López, William Pottker e Carlos estão no setor. O uruguaio apresenta desconforto na coxa direita, enquanto os outros dois tiveram constatada lesão muscular na coxa esquerda.

E há ainda a situação de Edenílson. O volante ficou sem contrato, já que o empréstimo com o Genoa expirou. Agora, o Udinese, que detém os direitos do jogador, precisa repassar novo empréstimo para que seja regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

Globo Esporte