domingo, 2 de julho de 2017

Flamengo ganha a terceira seguida e coloca o São Paulo no Z-4

(Foto: Estadão Conteúdo)


Com gols de Guerrero e Diego, ambos no primeiro tempo, o Flamengo bateu o São Paulo por 2 a 0 neste domingo, na Ilha do Urubu, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Foi a terceira vitória seguida do Fla na competição (quarta, se contar os 2 a 0 contra o Santos pela Copa do Brasil). O time do técnico Zé Ricardo manteve a terceira posição, agora com 20 pontos, diminuindo para dois a vantagem do segundo colocado, o Grêmio (que perdeu para o Palmeiras) e mantendo-se a nove do Corinthians (venceu o Botafogo). Já o São Paulo chega a seis rodadas sem vencer e, pela primeira vez neste Brasileirão, entra na zona do rebaixamento - é o 17º com 11 pontos, mesmo número do Bahia, mas fica atrás no critério de gols marcados (13 dos baianos contra 10 dos paulistas). A última vez do São Paulo na zona do rebaixamento havia sido na 25ª rodada do Brasileirão de 2013. Assim como o Flamengo (e também Santos e Cruzeiro), o São Paulo nunca caiu no Brasileirão.

Na próxima rodada, os dois times terão clássicos regionais: o Flamengo encara o Vasco em São Januário, sábado, às 18h (de Brasília). Já o São Paulo pega o Santos na Vila Belmiro, domingo, às 19h. Antes, o Flamengo ainda pega o Palestino, quarta-feira (21h45), no Chile, pela Copa Sul-Americana.

ESTATÍSTICAS
Posse de bola: Flamengo 45% x 55% São Paulo
Finalizações: Flamengo 15 x 10 São Paulo
Chances reais de gol: Flamengo 8 x 2 São Paulo
Faltas: Flamengo 17 x 14 São Paulo
Impedimentos: Flamengo 5 x 0 São Paulo

Em entrevista ao GloboEsporte.com publicada neste sábado, o presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, disse que não pensa em mudar o comando técnico da equipe. O dirigente admitiu, porém, que a história de Ceni no clube pesa, e que se fosse outro treinador, talvez já o tivesse demitido.

Quando Guerrero sofreu falta de Petros, aos 36 minutos, os laterais Pará e Trauco se apresentaram para a cobrança. Era da entrada da área. O centroavante, porém, fez questão de bater. E foi perfeito: com força e precisão, mandou no angulo esquerdo de Renan Ribeiro, que nem teve tempo de tentar pular. ""Fiz mais um gol de falta e estou feliz por isso. É muito quente (a Ilha). A torcida está muito perto", disse Guerrero.

Quatro minutos depois, aos 41, um golaço: em bela jogada pelo meio, Guerrero enfiou para Everton Ribeiro, que não foi fominha e serviu Diego, no meio da área, marcar o segundo gol.

Everton Ribeiro comemorou a atuação dele e do time do Flamengo: "Estamos treinando isso, para aproximar o Guerrero, o Diego, Everton. Vamos continuar assim. O entrosamento vem com os jogos, com o tempo, e meu ritmo de jogo vem melhorando a cada partida".

Globo Esporte