quarta-feira, 19 de julho de 2017

Joinville divulga conta bancária em busca de recursos financeiros para jogar o NBB

(Foto: Daniela Bonelli/Divulgação)


Vice-campeão da Liga Ouro, o Joinville luta para ter condições financeiras de jogar a próxima edição do Novo Basquete Brasil (NBB). Inicialmente, apenas o vencedor da competição (Botafogo) teria direito ao acesso, mas o clube catarinense pleiteou uma vaga na última assembleia da Liga Nacional (LNB) e recebeu sinal verde para apresentar a sua viabilidade financeira, com um mínimo de R$ 1,5 milhão para a temporada, uma exigência da entidade.

Para conseguir esses recursos, o Joinville emplacou um projeto na lei de incentivo fiscal do Ministério do Esporte aprovado em dezembro do ano passado. Desde então, o clube abriu uma conta para os depósitos e, nesta quarta-feira, decidiu divulgar para o público à espera de um engajamento da cidade.

- A ideia foi também mobilizar as pessoas da cidade. Houve um sentimento muito bacana na Liga Ouro, com excelentes números de público. Nossa intenção é transferir essa responsabilidade e participação para a comunidade. Acredito que vamos conseguir o valor, não só com essa arrecadação, mas com outras fontes de patrocínio direto e permutas de serviços - explicou Kelvin Soares, diretor executivo da Associação de Amigos do Basquete de Joinville.

O projeto foi feito em setembro do ano passado, quando os responsáveis pelo basquete do clube decidiram buscar a vaga no NBB. Na assembleia da LNB, realizada na semana passada, Kelvin levou para o conselho a discussão sobre a possibilidade de o Joinville entrar na elite, mesmo sem ter vencido a Liga Ouro.

São 17 clubes inscritos para o próximo NBB, sendo os 15 da última edição, Botafogo e Joinville. Todos precisarão apresentar garantias financeiras e comprovação de quitação ou negociação de dívidas passadas para serem aprovados.

- Eles ficaram de dar um retorno oficialmente, mas ainda não aconteceu. Por outro lado, os prazos são curtos, e não poderia ficar parado esperando. Estamos nos mexendo e mobilizando as pessoas e empresas. Até o fim do dia, espero ter as respostas que preciso - comentou Kelvin.

Para a disputa do NBB, o planejamento inclui a contratação de cinco reforços e um treinador. A base será mantido com a renovação dos jogadores que já fazem parte do projeto. Comandante do time na Liga Ouro, George Rodrigues passará a ser o auxiliar.

- É um salto muito grande para a disputa do NBB. Esse time cumpriu o seu papel na Liga Ouro. Agora, é outro nível de exigência - explicou o diretor.

Globo Esporte