segunda-feira, 10 de julho de 2017

São Paulo demite preparadores e tira Pintado da comissão de Dorival Júnior

(Foto: Rubens Chiri / site oficial do São Paulo FC)


Um dia depois de Pintado treinar o time na derrota por 3 a 2 para o Santos, o São Paulo informou que ele não fará parte da comissão técnica de Dorival Júnior, que começou seu trabalho no clube nesta segunda-feira. Nas próximas semanas, o futuro dele será definido. Há a possibilidade de trabalhar nas categorias de base ou ser demitido.

O preparador físico José Mário Campeiz e o preparador de goleiros Haroldo Lamounier foram desligados do clube. Campeiz será substituído por Celso Rezende, que integra a comissão de Dorival Júnior. Já o sucessor de Lamounier será decidido até terça-feira.

Nos últimos meses, o São Paulo mudou bastante sua percepção sobre a presença de Pintado perto do grupo. Antes considerado bom motivador, responsável por acarinhar jogadores em má fase, e exemplo por ter sido símbolo de raça de uma época gloriosa do clube, nos anos 90, o auxiliar passou a receber críticas pela maneira como se relacionava com atletas e comissão.

Rogério Ceni deixou o clube insatisfeito com o convívio. Dorival Júnior, seu substituto, também manifestou intenção de não tê-lo no dia a dia. Contratado em março do ano passado, Pintado trabalhou com Edgardo Bauza, Ricardo Gomes e Ceni.

Nesta segunda-feira, no primeiro trabalho de campo de Dorival, as preparações física e de goleiros ficam por conta dos auxiliares Pedro Campos e Octávio Bittencourt, respectivamente.

Globo Esporte