segunda-feira, 3 de julho de 2017

Wawrinka sente joelho e se despede com derrota na estreia de Wimbledon

(Foto: REUTERS/Andrew Couldridge)


O suíço Stan Wawrinka se despediu logo na estreia do torneio de Wimbledon. O número 3 do mundo foi eliminado pelo russo Daniil Medvedev, 49º, por 6/4, 3/6, 6/4, 6/1 em 2h14 de jogo na tarde desta segunda-feira.

Vice-campeão em Roland Garros, o tenista suíço havia anunciado Paul Annacone, ex-treinador de Federer e Sampras, durante a temporada de grama. A estratégia não surtiu efeito. 

Em 13 participações no Grand Slam britânico, Wawrinka nunca passou das quartas de final. Ele possui título nos outros três Slams. 

Wawrinka mostrou certo desconforto no joelho e não conseguiu se encontrar na grama. O russo aproveitou a oportunidade, cresceu dentro do jogo e conseguiu derrotar o top 5 com um quarto set impecável.

O terceiro set foi chave para o jogo. O equilíbrio predominou, mas o russo foi mais sólido do fundo de quadra e conquistou uma quebra no décimo game. O vencedor de 3 Grand Slams chegou a ser atendido antes do início do quarto set e não conseguiu mais resistir. Assim, Medvedev concretizou a zebra do dia derrubando Wawrinka.

- Agora não sei o que nem dizer. Wimbledon é o meu Grand Slam favorito. Ano passado era 215 em de rankings, se alguém dissesse que eu venceria o Stan (Wawrinka) na Quadra Central de Wimbledon, eu diria que estariam brincando. Sabia que o Stan teve problemas em Queen’s e que teria chances se jogasse bem – disse o russo após a vitória.

Na próxima rodada, Medvedev enfrentará o qualifier belga Ruben Bemelmans, 124º da ATP e algoz do alemão Tommy Haas. O confronto é inédito.

Globo Esporte