sábado, 19 de agosto de 2017

Brasil confirma domínio e leva 12º título seguido do Sul-Americano feminino

(Foto: Nelson Rios/Voleysur)


A seleção brasileira feminina de vôlei segue sem adversários na América do Sul. Neste sábado, em Cáli, as meninas conquistaram o 20º título do Sul-Americano, sendo o 12º consecutivo, desde 1995, ao vencer por 3 sets a 0 a Colômbia, com parciais de 25/23, 25/19 e 25/17. O resultado garantiu a classificação da equipe para o Campeonato Mundial do Japão, no ano que vem.

- Elas defenderam muito bem, atacaram com muita coragem, mas viemos aqui e fizemos nosso trabalho que era garantir a vaga no Mundial. Agora, vamos para a Copa dos Campeões no Japão em busca de mais um título - disse Tandara, em entrevista logo depois do jogo ao site da Confederação Sul-Americana (CSV).

O Brasil terminou a competição invicto com cinco vitórias, sem perder um set sequer. A Colômbia ficou na segunda colocação e disputará em outubro um triangular com Peru e Argentina, terceiro e quarto colocados, respectivamente, para definir o segundo país da América do Sul no Mundial de 2018.

A Colômbia ainda conseguiu complicar o primeiro set e chegou a abrir 15 a 12. Assim, obrigou o técnico José Roberto Guimarães a chamar a atenção das meninas em um tempo técnico. A reação aconteceu, e o Brasil reequilibrou o jogo até assumir a liderança na reta final e fechar em 25 a 23, sua maior pontuação sofrida na competição.

No segundo set, o Brasil conseguiu ser mais dominante. Rapidamente, o time abriu 5 a 0 e deixou em situação complicada as colombianas, comandadas pelo brasileiro Antonio Rizola. Depois disso, bastou administrar o marcador para fazer 2 sets a 0 com a vitória por 25 a 19.

A Colômbia voltou mais atenta no começo do terceiro set. No entanto, não demorou para o Brasil abrir sua maior vantagem e fechou em 25 a 17 para garantir a vitória e o título, mais um para o currículo das meninas.

A campanha
3 x 0 Argentina (25/21, 25/15 e 25/15)
3 x 0 Venezuela (25/14, 25/6 e 25/10)
3 x 0 Chile (25/5, 25/10 e 25/7)
3 x 0 Peru (25/16, 25/17 e 25/18)
3 x 0 Colômbia (25/23, 25/19 e 25/17)

Globo Esporte