terça-feira, 22 de agosto de 2017

Contra rival "do mesmo nível", Ribeirão testa real força para Superliga B

Depois de enfrentar Sesi e Taubaté, dois dos melhores esquadrões do vôlei brasileiro, o time de Ribeirão Preto terá um novo desafio nesta quarta-feira pelo Campeonato Paulista. E um desafio em que a equipe entra em quadra pela primeira vez em condições de igualdade. Pela frente, o rival será o Itapetininga, que, a exemplo de Ribeirão, também disputa seu primeiro campeonato profissional. O time foi formado recentemente pelo experiente atleta André Nascimento.

- É um adversário do mesmo nível. É um projeto novo, como o nosso, que começou um pouco antes, mas é novo na estrutura, e tem as mesmas pretensões que a gente, de estar na Superliga A na próxima temporada - comentou o técnico do Vôlei Ribeirão, Marcos Pacheco.

Mais do que um rival no Paulista, Itapetininga será um potencial obstáculo para Ribeirão Preto na Superliga B, que será disputada em janeiro e valerá uma vaga na elite do vôlei brasileiro.
- Contra o Sesi e o Taubaté, é claro que queríamos ganhar, mas são times já formados, com estrutura, história, vencedores. O jogo desta quarta é diferente. São estruturas semelhantes, é um confronto dentro da nossa realidade. Será uma boa referência para saber onde estamos na nossa preparação - completou Pacheco.

Assim como Ribeirão, a equipe de Itapetininga enfrentou também Sesi e Taubaté, e saiu derrotada nas duas oportunidades, 3 a 0 e 3 a 2, respectivamente. A partida desta quarta-feira acontecerá às 20h, no ginásio Ayrton Senna, em Itapetininga.

Globo Esporte