segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Inter "amadurece" ideia e planeja usar "o que tem de melhor" na Primeira Liga

(Foto: Ricardo Duarte / Inter, DVG)


Inter vê seu principal objetivo do ano, o retorno à Série A, ficar cada vez mais próximo graças à série de cinco vitórias consecutivas na temporada, alcançada no último sábado, ao bater o ABC por 3 a 0, no Frasqueirão, pela 21ª rodada da Série B. E o bom momento na temporada deve permitir ao clube até dividir – com parcimônia – o foco com a Primeira Liga, mesmo que a competição tenha perdido ainda mais seu prestígio. Com a premissa de não colocar em risco a campanha na Segunda Divisão, o Colorado pode ir a campo com "o que tem de melhor" para encarar o Atlético-MG, no próximo dia 30, em duelo válido pelas quartas de final, no Beira-Rio.

A justificativa para utilizar o elenco principal, e com boa possibilidade de lançar time titular, recai sobre o calendário, além, claro, da chance de conquistar um título em apenas três partidas. Após a partida da próxima sexta-feira, contra o Paysandu, no Beira-Rio, o Inter só volta a campo pela Série B em 9 de setembro, com um intervalo de 15 dias de um jogo para o outro. Uma pausa tão longa é vista com maus olhos pelo técnico Guto Ferreira, que ainda mede as consequências de sua equipe ficar tanto tempo sem atuar antes de tomar a decisão.

– Já conversamos, estamos amadurecendo a ideia, porque não podemos ficar muito tempo sem jogar. Se eu optar por equipe alternativa, corro risco de ficar 15 dias sem jogar. Não sei se é tão legal. Vamos tentar administrar e vamos buscar uma situação que também não atrapalhe a equipe na situação da quantidade de jogos. Vamos trabalhar primeiro pelo Paysandu. Na semana, vamos amadurecendo ideias que já temos. Em cima da decisão tomada entre nós, vamos agir – projeta Guto.

Sem desvirtuar o foco da Série B, o Inter abre a semana de treinos nesta segunda-feira com foco exclusivo no duelo com o Paysandu, na sexta-feira. Depois da partida, direção, comissão técnica e departamentos médico e de fisiologia irão avaliar os níveis físicos e o desgaste dos atletas que mais atuaram na temporada para tomar a decisão final acerca da estratégia para o compromisso com o Galo.

– A gente está encarando (a Primeira Liga) como preparação ao objetivo principal, que é a Série B. A gente joga na sexta-feira com o Paysandu. Se não tivesse o jogo da Primeira Liga, a gente iria jogar só duas semanas depois. É um período muito longo sem jogar. A gente vai tentar ir com o que tem de melhor. Vamos ver as condições dos atletas. Temos que planejar a possibilidade de passar. Prevendo que aconteçam os dois jogos. Talvez, a gente tenha que fazer uma mescla pensando no retorno da Série B. É um campeonato que a gente tem. Vamos enfrentar. É uma dversário dificil. Vamos tentar passar de fase e tentar passar para jogar a final. Tem que entrar sempre para ganhar – ressalta o vice de futebol Roberto Melo.

Com a vitória em Natal, o Inter se mantém na vice-liderança da Série B e reduz a distância para o líder América-MG para apenas um ponto – o Colorado tem 39, contra 40 do América-MG. A equipe volta a campo na próxima sexta-feira, às 21h30, no Beira-Rio, pela 22ª rodada.

Globo Esporte