domingo, 20 de agosto de 2017

Presidente do Atlético-PR critica Arena do Grêmio: "Parece que tem 20 anos"

(Foto: Eduardo Moura)


O presidente do Atlético-PR, Luiz Sallim Emed, criticou a Arena do Grêmio e a OAS após o empate entre os clubes na manhã deste domingo, pela 21ª rodada do Brasileirão. Segundo o mandatário rubro-negro, a casa tricolor "parece que tem 20 anos" e está "deteriorado".

Vale lembrar que o Atlético-PR é responsável pela gestão da Arena da Baixada, mas a própria OAS era candidata a assumir essa função. Os conselheiros do Furacão, porém, votaram em 2011 para que o clube cuidasse sozinho da Baixada. Essa ideia era defendida pela chapa de situação, hoje comandada por Sallim.

A Arena do Grêmio foi inaugurada no dia 8 de dezembro de 2012. Já a Arena da Baixada foi inaugurada oficialmente no dia 16 de junho de 2014.

- O estádio (do Grêmio) é praticamente da mesma idade, né? E você percebe, sem querer ser deselegante, mas uma falta de cuidado. O entorno também é completamente diferente. Parece que tem 20 (anos), está mais deteriorado. Estou falando também para uma rádio de Porto Alegre, então tenho que ser elegante, fica aqui até como sugestão. Se você olhar as placas, está poluído, às vezes dá a sensação de pichação até.

O presidente do Atlético-PR também criticou as cadeiras da Arena do Grêmio e destacou a dificuldade em gerir uma arena atualmente:

- Outra situação que está acontecendo: as cadeiras azuis, grande parte, estão desbotadas, isso vai comprometendo. A manutenção, como é de uma empresa que é principal parceira, não tem esse cuidado que nós estamos tendo. Então, fica aí como sugestão. Lá no Paraná, é muito cara a manutenção, e o Atlético é responsável por essa manutenção, não tem nenhum investimento público - completou o presidente atleticano.

Globo Esporte