domingo, 17 de setembro de 2017

Em gol polêmico, Jô descarta uso do braço em vitória do Corinthians

(Foto: Marcos Ribolli)

Por Nicholas Araujo
Redação Blog do Esporte


A vitória do Corinthians sobre o Vasco por 1 a 0 gerou polêmica com o gol corintiano, marcado por Jô. Após receber lançamento, o atacante ajeitou a bola com o braço e a empurrou para o gol, mas nem o árbitro nem o auxiliar atrás da meta anularam o lance.

Ao final da partida, Jô foi questionado sobre o lance por jornalistas na beira do campo. Para a Rede Globo, o atleta diz não ter convicção de como foi o lance:

“Eu me joguei na bola, não deu para ver. Não sei se a bola ia entrar, eu me joguei, agora não sei onde bateu. Se vocês (jornalistas) pararam, tiveram que analisar, o juiz não tem tempo para isso. Se eu tivesse convicção (do toque de braço), eu ia falar. Eu me joguei, tanto que fui parar dentro gol. Então não tinha como falar. Eu me joguei, aí o árbitro vai interpretar se foi mão ou não... Ele deu o gol, então não foi”, disse.

As reclamações foram intensas por parte dos jogadores do Vasco, mas que logo continuaram o jogo. “Eu falei para o Ramon (lateral do Vasco) que eu me joguei. Jogo assim que a bola está difícil de entrar, uma oportunidade... Eu me joguei, não sei onde a bola bateu”, continuou Jô.

Durante o ano, Jô participou de lances polêmicos, como a dividida com Rodrigo Caio na semifinal do Campeonato Paulista contra o São Paulo, onde elogiou o atleta adversário ao admitir q caiu sozinho, e ao criticar os jogadores do Palmeiras por não alertarem o árbitro Thiago Duarte Peixoto de um erro na vitória do Corinthians por 1 a 0 sobre o Palmeiras, em Itaquera, pela primeira fase do Paulistão.

Na coletiva, o técnico Fábio Carille comentou o lance:

“Existe (honestidade no esporte) e, para a melhoria do futebol, isso tem que existir cada vez mais. Tem muita gente em dúvida. Vi gente balançando a cabeça dizendo que a bola já estava dentro... Vi gente achando que a bola não tinha entrado... Olha a dúvida que existe no lance! Como o Jô poderia saber se a bola estava dentro? Tem lances e tem lances... Daqui do banco, naquele pênalti contra o Botafogo do Arana fora da área, se tivesse visto, eu teria falado. São lances difíceis”, explicou.

O Timão venceu o Vasco em Itaquera e abriu 10 pontos de vantagem na ponta, já que Grêmio e Santos perderam na rodada. O próximo desafio é o clássico contra o São Paulo, no Morumbi, no dia 24 de setembro às 11h.