quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Rakitic diz que derrota para o Real na Supercopa uniu elenco do Barcelona

 (Foto: Reuters)


A saída de Neymar e a imponente derrota para o Real Madrid na Supercopa da Espanha levaram o Barcelona a uma pequena crise ainda no começo da primeira temporada do técnico Ernesto Valverde. Mas as rodadas iniciais do Campeonato Espanhol, com três vitórias consecutivas, aliviaram o clima e deixaram novamente no ar o clima de confiança. Para o meia Rakitic, a mudança de ambiente começou justamente no revés diante dos grandes rivais.


Após participar de um ato promocional de seu patrocinador, o croata comentou o grande triunfo catalão diante da Juventus por 3 a 0, na última terça, pela Liga dos Campeões - que simbolizou o bom momento do time. E apontou uma maior integração dos atletas depois da decepção com a perda de um título para os merengues.

- Não aconteceu nada de concreto. O que acontece é que contra o Real Madrid mandaram os pequenos detalhes, sobretudo no jogo de ida. O que temos que fazer é estar unidos em campo. Perder a Supercopa serviu para nos juntar e começar bem a Liga e a Champions - afirmou o meia.

Depois de perder espaço na última temporada de Luis Enrique no Barcelona, Rakitic voltou a ganhar importância na equipe com a chegada de Ernesto Valverde. O croata foi titular nas seis partidas oficiais que o Barça disputou em 2017/18 até o momento, ficando em campo por 520 minutos. Por isso, apontou que acredita ter a confiança do técnico.

- Cada treinador tem um pouco as suas ideias. Em geral, vejo que tem confiança em mim. Me sinto confortável, me sinto muito bem. A pressão na frente funciona. Me alegro que as pessoas me vejam bem, espero seguir na linha - disse Rakitic.

Globo Esporte