sábado, 30 de setembro de 2017

Tabela entre De Bruyne e Jesus decide, e City volta à liderança com vitória em Londres

(Foto: AFP)


Muita água ainda vai rolar, mas o City conseguiu uma importante vitória neste sábado que indica que o Campeonato Inglês ficará mesmo entre os rivais de Manchester nesta temporada. Atuando fora de casa diante do atual campeão e mesmo sem seu artilheiro Agüero, o time de Guardiola foi melhor e venceu o Chelsea com autoridade diante de 41.530 torcedores em Stamford Bridge. O gol de De Bruyne, em assistência de Gabriel Jesus, ainda devolve o City à liderança da Premier League.

Ainda faltam 31 rodadas, mas os dois rivais de Manchester fazem um campeonato à parte e, juntos com 19 pontos na liderança, somam cinco de vantagem para o terceiro Tottenham. Na briga particular entre os dois vizinhos, a vantagem (no saldo de gols) é do City: 20 x 19, o que vale a liderança da Premier League ao time de Guardiola. Confira a tabela.

Durante a partida, uma cena chamou a atenção. A transmissão oficial da partida pegou ninguém menos que Rogério Ceni assistindo à partida no meio da torcida visitante, do Manchester City. O ex-goleiro e agora técnico está na Inglaterra e nesta semana visitou o CT do Tottenham.

Com mais finalizações (17 x 4) e posse de bola (62% x 38%), o City mandou no jogo desde o primeiro minuto. Ederson pouco trabalhou ao longo dos 90 minutos, e o City criou as principais chances, especialmente na etapa final. Na melhor delas, aos 21, Jesus fez o pivô para De Bruyne soltar um canudo sem chances para Courtois e marcar o gol do jogo. O brasileiro ainda quase fez o dele aos 39, quando chutou bonito e chegou a vencer o goleiro belga, mas Rudiger apareceu quase sobre a linha para cortar de cabeça.

O atacante brasileiro, que atuou centralizado no ataque com a ausência de Gabriel Jesus, participou diretamente de 16 gols em 16 jogos pelo City na Premier League: ele marcou 11 e deu passe para outros cinco (o último deles, em destaque na foto, neste sábado).

Globo Esporte