domingo, 10 de setembro de 2017

Velocista de 21 anos se torna primeiro japonês a quebrar a barreira dos 10s

 (Foto: AP )


Medalhista de bronze nos Jogos do Rio e no Mundial de Londres com o revezamento 4x100m do Japão, Yoshihide Kiryu tornou-se o primeiro velocista do país a romper a barreira dos 10 segundos nos 100m. O feito foi alcançado neste sábado em uma competição universitária em Fukui, vencida pelo atleta de 21 anos com o tempo de 9s98.

Com a marca, Kiryu quebra o recorde nacional anterior em dois centésimos. Os 10s00 haviam sido alcançados por Koji Ito há quase duas décadas, em 1998. O jovem corredor atinge ainda o posto de segundo asiático mais rápido de todos os tempos, atrás apenas de Femi Ogunode, que correu a distância em 9s91 em 2015.

Vale lembrar que o Brasil nunca teve um atleta correndo abaixo dos 10 segundos. O recorde brasileiro e sul-americano é 10s00 cravados e foi conquistado por Robson Caetano em 1988. O líder do ranking nacional nesta temporada é Paulo André Camilo, de 18 anos, que cobriu a distância em 10s18 no Troféu Brasil.

Globo Esporte