quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Em meio a mudanças, Botafogo-SP lançará contagem regressiva para 100 anos

(Foto: Fabrício Fiacadori)

Por Nicholas Araujo
Ribeirão Preto, SP


Enquanto a diretoria do Botafogo-SP corre para definir os nomes do novo técnico e do novo gerente de futebol para 2018, as comemorações dos 100 anos continuam no Estádio Santa Cruz. No próximo dia 12 de outubro, quando o clube completa 99 anos, um relógio digital será inaugurado para a contagem regressiva do centenário, que acontecerá na mesma data em 2018.

A partir das 9h, no Poliesportivo do Clube, o Pantera fará uma solenidade com a diretoria do clube e autoridades e depois transportará o relógio para um megadoor que ficará no Sana Cruz. Além da inauguração, a população poderá desfrutar do espaço e haverá atividades para as crianças. As festividades do dia 12 serão das 9h às 17h, na Vila Tibério, bairro onde foi fundado o Pantera.

Já no Santão, o clima é de mudanças para 2018. A diretoria já trabalha com dois nomes para técnico e dois para gerente de futebol. Tarcísio Pugliese e outro nome não revelado já foram sondados pela diretoria para treinar o clube. Já Léo Franco e Sérgio do Prado seriam os nomes mais importantes para gerir o futebol do tricolor.

“O Botafogo procura um treinador que siga um planejamento para Campeonato Paulista e Série C. O Moacir Júnior não ficou por problemas financeiros, e não queremos que isso aconteça novamente. Estamos fazendo um acordo para o ano todo”, comentou o diretor Fernando Gelfuso.

Com a verba apertada e passando por problemas de atraso de salários de atletas e funcionários, o Fogão espera contar com um gerente que se enquadra na realidade financeira do clube.

“São grandes profissionais, bons nomes, com passagens por grandes clubes, experiência. Esse profissional virá para compor o departamento de futebol do Botafogo. Ele não vai ter autonomia para montar o time. Vai cuidar do dia a dia, da logística, da parte administrativa” disse Gelfuso em entrevista ao Globo Esporte.