sábado, 14 de outubro de 2017

Honduras é goleada pela França de virada, mas avança para encarar Brasil nas oitavas

(Foto: Reuters)


No encerramento do Grupo E do Mundial Sub-17 neste sábado, Honduras até que abriu o placar, mas acabou massacrada pela França por 5 a 1, na Índia. Mesmo com a derrota de virada, a seleção da Concacaf se classificou como uma das quatro melhores terceiras colocadas e agora vai cruzar o caminho do Brasil nas oitavas de final, na quarta-feira, às 12h30 (de Brasília). Os franceses encerraram a participação na chave com 100% de aproveitamento e enfrentarão a Espanha, na terça.

Classificada antecipadamente e com nove mudanças entre os titulares, a França sofreu um susto logo no início. Aos 10 minutos, Mejia abriu o placar para Honduras. Mas a reação não tardou. Aos 14, Isidor empatou. A virada saiu aos 23, com Flips. Ele mesmo voltou a marcar no segundo tempo, aos 19. Gouiri ampliou aos 39 e chegou a cinco gols na artilharia do Mundial. Nos acréscimos, aos 51, Adli fechou a conta em cobrança de falta por baixo da barreira.

No outro jogo do grupo, o Japão só empatou por 1 a 1 com a Nova Caledônia e encerrou na segunda colocação. Nakamura abriu o placar logo aos sete minutos de partida. No segundo tempo, aos 38, Jeno igualou e garantiu o primeiro ponto dos representantes da Oceania, estreantes no torneio e eliminados. Somando quatro, os japoneses avançaram para encarar nas oitavas o líder do Grupo F (Inglaterra ou Iraque).

Árbitra do jogo, a suíça Esther Staubli se tornou a primeira mulher a apitar no Mundial Sub-17, depois de 16 anos que uma antecessora dirigiu uma competição masculina da Fifa.

Globo Esporte