domingo, 1 de outubro de 2017

Jogo entre Coelho e Oeste acaba em confusão por suposta injúria racial

(Foto: Reprodução)


A vitória do Oeste sobre o América-MG, em confronto válido pela 27ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, acabou com uma acusação de racismo e muita confusão no gramado do estádio Independência, em Belo Horizonte. O zagueiro Messias, do time mineiro, acusa o goleiro Rodolfo de tê-lo chamado de "macaco" em jogada dentro da área do Oeste no minuto final da partida.

Revoltado com a situação, o zagueiro do time mineiro tentou impedir a cobrança do escanteio, pedindo a entrada do policiamento no gramado do Independência. Após muita discussão entre jogadores e comissões técnicas dos dois times, os ânimos foram acalmados e nenhum jogador do Oeste deu entrevista.

Em entrevista à Rádio Itatiaia, Messias afirmou que levará o caso adiante.

– O goleiro me chamou de "macaco". Isso é uma falta de respeito, cara. Com certeza, vou fazer ocorrência contra esse goleiro aí – disse Messias.

Durante a confusão, ainda no gramado, o goleiro Rodolfo se defendeu da acusação.

– Eu sou negro também, rapaz – argumentando com um jogador do América-MG, disse Rodolfo.

Apenas o goleiro João Ricardo, do América-MG, após o fim da confusão, quis comentar o caso ainda no gramado do Independência.

– Estava do outro lado e o Messias estava exaltado. Infelizmente tem essas coisas no futebol, vamos esquercer isso. O Messias foi ofendido, se ele está falando o cara falou – disse o goleiro.

Messias foi conduzido a uma delegacia nas imediações do estádio, acompanhado de representantes da diretoria do clube, para registrar o boletim de ocorrência. Em uma rede social, o América-MG lamentou o caso.

– Perder é ruim, mas INACEITÁVEL mesmo é racismo. O zagueiro Messias recebeu injúrias raciais E ISSO NÃO PODE PASSAR! – disse o clube na postagem.

Com a vitória, o Oeste chega aos 44 pontos, ficando a apenas dois pontos do Vila Nova, com 46 e primeiro time dentro da zona de classificados. O América-MG estaciona nos 48 pontos e vê o Internacional abrir seis pontos de vantagem na liderança e os rivais encostarem na briga por uma das quatro vagas na Série A do próximo ano.

Globo Esporte