domingo, 15 de outubro de 2017

Papo reto: com correções e alertas, Amadeu prepara Brasil para o mata-mata

(Foto: Gregorio Fernandes/CBF)


Carlos Amadeu não ficou totalmente satisfeito com o desempenho do Brasil na vitória por 2 a 0 sobre Níger, sexta-feira. Apesar do resultado positivo e da confirmação do primeiro lugar do Grupo D, o técnico prometeu reunir o grupo para corrigir erros e preparar o time para a próxima etapa do Mundial sub-17. Nesta quarta-feira, o time enfrenta Honduras pelas oitavas da final. Começa o mata-mata.

- Ele falou que os jogos fáceis que poderíamos ter foram na primeira fase, que a partir de agora tem que ter ainda mais concentração, no máximo, do início ao fim, manter o foco. Só assim a gente vai conseguir fazer um bom papel no restante da Copa do Mundo. Foi uma conversa para manter o pé no chão, fazer ajustes. O professor achou erros e vamos tentar arrumar - contou o meia Alan, do Palmeiras.

O papo de Amadeu com os jogadores durou cerca de 40 minutos. Depois, eles fizeram um trabalho técnico. O time titular estará completo novamente. Alan foi preservado e não enfrentou Níger, já que estava pendurado com cartão amarelo. No Mundial, os cartões só serão zerados na semifinal. Para as oitavas, Carlos Amadeu muito provavelmente vai retomar o time das duas primeiras rodadas da competição: Gabriel Brazão, Wesley, Vitão, Lucas Halter e Weverson; Victor Bobsin, Marcos Antônio e Alan; Paulinho, Lincoln e Brenner.

Vitinho apenas observa

Em observação médica depois de sofrer uma concussão cerebral leve na partida contra Níger, o atacante Vitinho, do Corinthians, foi ao campo de treinos usado pela Seleção em Cochim, mas não trabalhou. Ele participou da conversa com o treinador e depois assistiu ao trabalho na lateral do gramado. O jogador deve ficar fora das oitavas de final.

Brasil e Honduras vão se enfrentar na quarta, às 12h30m (de Brasília). O vencedor pega Colômbia ou Alemanha nas quartas de final.

Globo Esporte