sábado, 21 de outubro de 2017

Próximo do tetracampeonato na F1, Hamilton faz a pole para o GP dos EUA

(Foto: Reprodução)


Domínio absoluto da Lewis Hamilton nos EUA. Líder nas três sessões de treinos livres em Austin, o inglês da Mercedes manteve o excelente desempenho na pista texana, e anotou a 72ª pole position na carreira com 1m33s108 - 11ª em 2017. Sebastian Vettel bem que tentou, mas não conseguiu acompanhar o ritmo do rival, fazendo o segundo melhor tempo, 0s239 atrás do líder do campeonato. Valtteri Bottas fechou os três primeiros, seguido de Daniel Ricciardo (RBR) em quarto, Kimi Raikkonen (Ferrari) em quinto e Max Verstappen (RBR) em sexto.

Estreando pela Renault, Carlos Sainz Jr superou constantemente o novo companheiro de equipe Nico Hulkenberg durante o final de semana, e isso se traduziu no treino classificatório: o espanhol foi o oitavo, enquanto o alemão não passou da 15ª colocação. Entre a dupla explosiva da Force India, desta vez, Esteban Ocon foi melhor que Sergio Pérez, sendo que o francês terminou em uma ótima sétima colocação e o mexicano foi o décimo. Felipe Massa esteve sempre entre os dez primeiros nos treinos livres, porém sofreu com problemas de potência na Williams durante o Q2, encerrando na 11ª colocação.

Grid com punições

Punidos: 

- Verstappen (+15), Vandoorne (+5), Hulkenberg (+20) e Hartley (+25).

- Magnussen também perdeu três posições no grid por ter bloqueado Pérez enquanto o mexicano fazia sua volta rápida. Entretanto, o dinamarquês não teve culpa, pois a equipe Haas o havia informado que o piloto da Force India estava na volta de saída do box. Com as punições somadas, Kevin sairá em 18º.

- Stroll recebeu punição por ter atrapalhado Grojean, perdendo três posições no grid. O canadense largará em 16º.

Q1
Hamilton começou o classificatório da mesma maneira que tinha terminado o terceiro treino livre: na frente. Com 1m34s822, o inglês da Mercedes foi o mais rápido, seguido de Verstappen, 0s077 atrás e Bottas fechando os três primeiros. Em ótimo final de semana, Massa terminou o Q1 em sexto, enquanto o companheiro de equipe Stroll foi apenas o 17º. Estreando na F1, Hartley não conseguiu passar para a fase seguinte, terminando em 18º. Sainz Jr, por sua vez, em seu primeiro final de semana na Renault, superou Hulkenberg, o nono, para ser o quinto.

O Q2 começou com Hamilton na pista, tratando de impor o ritmo aos demais. Com 1m33s560, o inglês da Mercedes assumiu a liderança, acompanhado de Bottas, 0s332 atrás do companheiro de equipe. Raikkonen colocou a Ferrari na terceira colocação, com Vettel em quarto, seguido da dupla da RBR, Ricciardo, quinto, e Verstappen, sexto. Superando Hulkenberg, mais uma vez, Sainz Jr avançou ao Q3 em oitavo, enquanto o alemão foi só o 15º. Massa não conseguiu repetir a boa volta da primeira parte e terminou em 11º, fora da fase final do classificatório.

Q3 iniciado, porém, nenhuma novidade na primeira colocação. Hamilton saiu dos boxes e logo em sua primeira volta já anotou 1m33s108 para ficar tranquilo na briga pela pole position. Tirando tudo o que podia da Ferrari, Vettel conseguiu superar Bottas para sair na primeira fila ao lado do rival na briga pelo título. Ricciardo, Raikkonen e Verstappen completaram, respectivamente, os seis primeiros. Na disputa interna da Force India, melhor para Ocon, o sétimo, enquanto Pérez foi o décimo. Sainz em oitavo e Alonso em nono fecharam o Top 10.

Globo Esporte