domingo, 1 de outubro de 2017

Superado por Max na Malásia, Hamilton diz que Mercedes tem "trabalho a fazer"

(Foto: Reprodução)


Mesmo tendo perdido a vitória no GP da Malásia para Max Verstappen, não se pode dizer que o final de semana foi ruim para Lewis Hamilton. Com o segundo lugar conquistado, o inglês da Mercedes ampliou a liderança do campeonato de 28 para 34 pontos de vantagem para Sebastian Vettel. O alemão se esforçou, saiu da última colocação para cruzar a linha de chegada em quarto, um desempenho impressionante, que contrastou com a performance do carro #44, que segundo o britânico, não teve bom ritmo.

- Me sinto bem, mas temos algum trabalho a fazer com o carro. Não tivemos ritmo neste final de semana. Ainda temos algumas corridas à frente e podemos vence-las, mas precisamos continuar acelerando. Tive dificuldade com os dois jogos de pneus, o carro estava bom em alguns lugares e ruim em outros, os problemas que tivemos com o carro são ampliados. Ainda há trabalho a fazer, mas esse é um problema fundamental no carro deste ano - comentou o líder do campeonato.

Lewis saiu na pole position em Sepang e, antes mesmo do GP começar, teve sua vida facilitada com os problemas no motor da Ferrari de Kimi Raikkonen. Com o abandono precoce do finlandês, o tricampeão teve Verstappen como sua principal ameaça à vitória. Apesar da boa largada, o inglês começou a perder terreno aos poucos, e na volta 4 acabou ultrapassado pelo garoto da RBR. Administrando a vantagem que tem na tabela, Hamilton disse que a disputa com Max não valia o risco e preferiu aceitar o segundo lugar.

- Parabéns para Max, ele fez um trabalho fantástico! A corrida foi difícil. Obviamente, eles (RBR) tinham a vantagem sobre nós hoje. Eu estava com problemas de perda de potência no começo da corrida e lutando contra problemas na bateria. Eu defendi (a posição), mas não queria arriscar, então não fechei a porta completamente e não fui agressivo. No final do dia, Max tinha mais ritmo do que eu, então seria uma luta para me manter à frente - finalizou.

Globo Esporte