terça-feira, 21 de novembro de 2017

Com atraso de salários, preparador físico deixa o Botafogo-SP

(Foto: Rogério Moroti/Ag. Botafogo)

Por Redação Blog do Esporte


O preparador físico Luiz Fernando Paião deixou o Botafogo de Ribeirão Preto. Alegando atrasado de três meses de salários, não pagamento do 13º salário de 2016 e FGTS, o profissional pediu demissão na última semana.

Em entrevista ao um portal de notícias de Ribeirão, Paião disse estar sem receber desde agosto, além do não depósito dos direitos trabalhistas, como o fundo de garantia. Chegou a procurar o presidente Gerson Engracia Garcia, que disse que a falta de pagamento se deve ao não acesso a série B do Brasileiro.

O preparador ainda alegou que o presidente tricolor diz para “pegar a senha” que “só vai pagar quem está passando fome”. Alguns funcionários tiveram os salários acertados, mas outros, como conta Paião, estão sem receber há meses.

No contato feito com o Botafogo, Garcia negou as acusações e disse que não escolhe quais funcionários serão pagos. Além disso, o mandatário tricolor disse que só há um mês de salário atrasado, e não três, como alega Paião.

Os trabalhos físicos, agora, serão comandados pelos próprios integrantes da comissão técnica.