domingo, 12 de novembro de 2017

É tetra! Márquez confirma favoritismo e é campeão da MotoGP em Valencia

(Foto: JOSE JORDAN / AFP)


No duelo final entre Marc Márquez e Andrea Dovizioso, a vantagem do espanhol era grande para chegar ao tetracampeonato da MotoGP, neste domingo. E se confirmou com a queda do italiano a seis voltas do fim, momentos depois do próprio Márquez se segurar na moto com dificuldade após perder o controle. Com o terceiro lugar na prova, o espanhol levou ao delírio a torcida que lotou os 110 mil lugares do circuito de Ricardo Tormo. Nos últimos cinco anos, em quatro ele foi o dono: 2013, 2014, 2016 e 2017.

Márquez chegou a Valencia com 282 pontos contra 261 do adversário, ambos com seis vitórias. O italiano da Ducati precisava vencer e ainda torcer para o espanhol ficar abaixo do 11º lugar. Missão complicada.

Para começar, Márquez largou na pole e o italiano na terceira fila, em nono. Com duas voltas, Dovizioso ganhou quatro posições. A 26 voltas, Marquez foi ultrapassado por Johann Zarco e ficou administrando o segundo lugar. Dovi fazia as melhores voltas mas não conseguia passar Jorge Lorenzo. Fez por um breve momento, sob orientação da Ducati. Mas Lorenzo retomou a posição e não seguiu as ordens para abrir passagem.

A sete voltas, um susto. Márquez ultrapassou Zarco, se desconcentrou e perdeu o controle na curva 1. Precisou mostrar todo talento para não cair. Saiu da pista e se recuperou, para voltar na quinta posição. Na volta seguinte, a temporada foi definitivamente decidida. Lorenzo caiu, e logo em seguida foi a vez de Dovizioso também cair, sem conseguir mais voltar. Título confirmado, Márquez foi ultrapassado pelo companheiro de Honda Dani Pedrosa, que tomou a ponta de Zarco e venceu a prova. O campeão mundial chegou em terceiro lugar, e aos 24 anos se tornou o piloto mais jovem da MotoGP a conquistar quatro títulos.

Globo Esporte