sábado, 25 de novembro de 2017

Ex-Coritiba vira herói, Urawa vence Al Hilal e vai ao Mundial com título da Champions

(Foto: Reprodução)



O brasileiro Rafael Silva foi o grande personagem do título do Urawa Red Diamonds na Liga dos Campeões da Ásia. Os japoneses voltaram a conquistar o principal troféu do continente 10 anos depois com a vitória por 1 a 0 sobre o Al Hilal, da Arábia Saudita, neste sábado, em Saitama (2 a 1 no agregado). E de quebra garantiram um lugar no Mundial de Clubes.

O gol do atacante revelado pelo Coritiba em 2012 saiu aos 43 minutos do segundo tempo, num forte chute com a direita, para o alívio de uma torcida que já contava os minutos para comemorar. Àquela altura o Al Hilal jogava com 10 (Al Dawsari foi expulso aos 33) e cedia espaço por precisar marcar.

Rafael Silva terminou a Champions na vice-artilharia, empatado com Hulk (Shanghai SIPG), com nove gols – ele também marcou no jogo de volta da semifinal e também na ida da decisão. Omar Kharbin, do Al Hilal, fez 10 no total.

- Pouca gente sabe o que passei, tomando injeção e me tratando para estar em campo. Fui recompensado com esse gol – disse um emocionado Rafael Silva, após o jogo.

O Urawa entra agora na rota do Real Madrid - Grêmio ou Lanús estarão na outra chave. Antes, jogará pelas quartas de final no dia 9, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, contra o vencedor de Al Jazira e Auckland City. Em 2007, o clube chegou à semi, quando foi derrotado pelo Milan, e terminou em terceiro.

Globo Esporte