sábado, 11 de novembro de 2017

Internacional demite o técnico Guto Ferreira

(Foto: Wesley Santos/Agência PressDigital)


Guto Ferreira não é mais técnico do Inter. Após o empate em 1 a 1 com o Vila Nova na tarde deste sábado, que adiou mais uma vez o retorno do time gaúcho à Série A, a diretoria colorada anunciou a demissão do treinador a três rodadas do fim da Série B do Brasileirão. O auxiliar Odair Hellmann assumirá interinamente o time até o final da competição.

A troca de comando foi anunciada pelo vice de futebol Roberto Melo – e comemorada pela torcida do lado de fora do Beira-Rio. Minutos antes, um grupo de torcedores havia entrado em confronto com a polícia e promovido quebra-quebra no pátio do Beira-Rio, em protesto por mais um resultado frustrante dentro de casa.

– Nós da direção, departamento de futebol, conselho de gestão, decidimos fazer uma troca no comando técnico. Guto está deixando o comando da equipe. A partir de amanhã (domingo), o Odair (Hellmann) vai assumir. Conversamos agora no vestiário com o treinador, expusemos nossos motivos e tomamos a decisão – anunciou Melo.

Contratado no final de maio para assumir o lugar de Antônio Carlos Zago, Guto não resistiu ao quarto jogo consecutivo sem vitória, com uma derrota e três empates no período. Porém, a atuação ruim do time, que não demonstrou nenhuma evolução nos últimos jogos, foi a justificativa dada pela direção para explicar a troca de comando.

– Chegamos faltando três rodadas com chances de conquistar a classificação, estivemos na liderança do campeonato, mas achamos que nos últimos jogos o desempenho da equipe caiu demais. Não estamos conseguindo mais jogar. A equipe se desorganizou. Tivemos a chance de confirmar (o acesso) no Beira-Rio, e a equipe não conseguiu jogar contra Ceará e CRB. Contra o Luverdense, também a gente não precisa falar como foi aquele jogo. Um cardíaco correu muito risco – comentou Melo.

Os números corroboram a justificativa da direção. Nas últimas quatro partidas, três delas no Beira-Rio, o Inter somou apenas três pontos (três empates e uma derrota). Guto Ferreira deixa o comando da equipe após 33 compromissos na casamata colorada, com 17 vitórias, nove empates e sete derrotas – aproveitamento de 60%.

O presidente Marcelo Medeiros também falou com a imprensa, mas não quis entrar em detalhes sobre a demissão de Guto. Apenas reafirmou as palavras de seu vice de futebol e reiterou que a medida não foi tomada antes pela campanha que o agora ex-técnico construiu. Porém, a queda drástica do rendimento em campo tornou-se gota d'água a três rodadas do fim da Série B.

Agora sob o comando de Odair Hellmann, o Inter passa a trabalhar para buscar mais uma vez o acesso antecipado à primeira divisão. Na próxima terça-feira, vai a Barueri enfrentar o Oeste, às 20h30. O Colorado agora é segundo colocado, com 64 pontos, atrás do América-MG, que foi a 66. Um empate já servirá para os gaúchos.

Globo Esporte