terça-feira, 7 de novembro de 2017

STJD vai analisar vídeo que mostra confusão envolvendo Felipe Melo no Dérbi

(Foto: Felipe Zito)


O Dérbi entre Corinthians e Palmeiras pode acabar nos tribunais. A Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) vai analisar as imagens da confusão envolvendo o volante Felipe Melo, do Verdão, e o atacante Clayson, do Timão, na saída das duas equipes para o intervalo da partida do último domingo, em Itaquera.

A tendência é de que uma definição sobre se a procuradoria vai apresentar ou não a denúncia contra o palmeirense deve ocorrer ainda nesta semana. As imagens divulgadas pelo perfil da Rádio Bandeirantes em uma rede social mostram Felipe Melo atirando um objeto em direção a Clayson no túnel de acesso ao gramado da Arena Corinthians.

O árbitro Anderson Daronco não citou o ocorrido na súmula da partida, já disponível no site da Confederação Brasileira de Futebol. Isso, porém, não impede que o caso seja analisado.

– O Daronco tem até 24 horas para fazer um adendo na súmula do jogo de ontem. Não relatou, mas ainda pode relatar. Ou seja, ele pode ver o vídeo hoje pela internet e relatar no documento ainda. O procurador do STJD pode denunciar o Felipe Melo baseado nas imagens de internet, não há nada que o impeça. Dessa maneira, o volante seria julgado pelas atitudes disciplinares extracampo - explicou Paulo César Oliveira, comentarista de arbitragem da TV Globo.

Segundo informações do SporTV, a dupla mantém rusgas desde o Campeonato Paulista, quando Felipe Melo e Clayson se desentenderam nas semifinais do torneio. O palmeirense reclamou da postura e de provocações do atleta, que antes defendia a Ponte Preta e agora está no Corinthians.

No caminho de acesso aos vestiários, Felipe Melo aparece conversando com o corintiano Kazim, com quem atuou no Galatasaray, da Turquia. Antes, ainda no gramado, o palmeirense teria sido provocado pelo atacante corintiano. No "reencontro", o volante do Verdão se alterou e foi contido por seguranças e jogadores.

No último domingo, Felipe Melo não quis falar sobre o ocorrido com os jornalistas, na saída da Arena Corinthians. O presidente Maurício Galiotte afirmou na ocasião não ter informações sobre o episódio, mas condenou a confusão. Já Clayson afirmou que o jogador do Verdão "gosta de aparecer".

- Não sei o que passa na cabeça do Felipe Melo, nem quero saber. Ele quis dar uma de doido e veio pra cima de mim. Isso aí se resolve dentro de campo. Não tenho nada contra ele, nem a favor. Não sou amigo e nem quero ser - disse o corintiano, no domingo.

Globo Esporte