sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Suécia vence a Itália em casa e fica a um empate na volta para ir à Copa do Mundo

(Foto: Reuters)


A Suécia mostrou, nesta sexta-feira, que o duelo com a Itália não eram favas contadas. Com maior volume de jogo, encurralou a Azzurra em boa parte do jogo e conseguiu boa vantagem para ir à Copa do Mundo ao vencer em casa por 1 a 0, gol de Johansson, aos 16 minutos do segundo tempo. Os italianos voltaram a mostrar muita dificuldade no ataque - como já tinha acontecido diante de Israel, Macedônia e Albânia - e agora precisam de uma vitória por dois gols de diferença em Milão, na próxima segunda-feira, para se classificarem ao Mundial de 2018.

Para ir à Copa do Mundo, a Suécia pode empatar ou até mesmo perder para a Itália em Milão. Como vale o critério do gol fora de casa, se os suecos marcarem, podem ser derrotados pela diferença mínima (2x1, 3x2, 4x3...) que ainda assim conseguem a classificação.

Já a Itália precisa vencer por dois gols de diferença para ir à Rússia em 2018. Se conseguir repetir o 1 a 0, a partida irá para a prorrogação e, persistindo a igualdade, a decisão será nos pênaltis.

Com um início de jogo quente e alucinante, a promessa era de jogão entre Suécia e Itália. Em menos de 10 minutos, cada seleção criou uma boa chance de marcar e o clima já tinha esquentado entre Berg e Bonucci. Mas, aos poucos, o ritmo diminuiu e o duelo ficou bastante tático, com os suecos mais presentes no ataque, mas sem conseguir furar o bloqueio italiano.

Na volta do intervalo, foi a Itália quem voltou com mais apetite e chegou perto de marcar aos 2 minutos, quando Olsen pegou um belo chute de Candreva. Porém, foi a Suécia quem chegou ao gol. Aos 16 minutos, Johansson aproveitou sobra de uma cobrança de lateral na área, chutou forte e contou com um desvio em De Rossi para balançar a rede. A partir daí, os donos da casa se fecharam e a Azzurra se lançou ao ataque. Aos 25, Darmian acertou um belo chute de fora da área na trave. Mas, foi só. Com dificuldades na criação, os italianos pouco assustaram o gol de Olsen e acabaram saindo com a derrota.

Globo Esporte