segunda-feira, 20 de novembro de 2017

WSL divulga calendário 2018 e confirma Saquarema e piscina de ondas de Slater

(Foto: Reprodução)


As vésperas da decisão do Mundial de Surfe 2017 em Pipeline, os surfistas da elite já começam a se programar para a disputa do ano que vem. Nesta segunda-feira, a WSL (Federação Internacional de Surfe) divulgou o calendário da temporada 2018. Novamente serão 11 etapas da disputa masculina e 10 da feminina (veja abaixo).

A maior novidade, que já havia sido anunciada na última semana, é a realização de uma etapa na piscina de ondas de Kelly Slater, a Surf Ranch, substituindo Trestles como a parada californiana do Circuito Mundial. A etapa da Indonésia volta à elite no lugar da competição de Fiji. Saquarema foi confirmada como sede da etapa brasileira, a quarta parada do Circuito Mundial, em maio.

- Estamos entusiasmados com o lançamento do calendário 2018, que inclui algumas mudanças importantes projetadas para garantir que continuemos a definir os campeões mundiais nas melhores ondas do mundo, visando também oferecer investimentos de longo prazo para o esporte - disse Sophie Goldschmidt, CEO da WSL.

As mudanças nas etapas do Mundial de Surfe foram bem recebidas pelos surfistas da elite.

- À medida que avançamos para uma nova era do surfe profissional, é reconfortante termos o apoio da WSL e o compromisso de colocar os melhores surfistas do mundo para competir nas melhores ondas do mundo. Enquanto ficamos desapontados com a perda de Fiji e Trestles em 2018, estamos realmente ansiosos com a volta de Keramas, na Indonésia, bem como com o evento inaugural no Surf Ranch. Não tenho dúvidas de que a temporada 2018 será injetada por uma nova motivação com a entrada desses dois novos locais no circuito - disse o australiano Adrian Buchan, representante dos surfistas.

A etapa da Indonésia estava fora do Mundial de Surfe desde 2013, quando o australiano Joel Parkinson foi campeão em Keramas. Um retorno para Fiji não está descartado para o futuro.

- A Indonésia é considerada como a casa das ondas “world-class” e é um lugar onde a Liga está explorando oportunidades de longo prazo. A etapa de Bali em Keramas vai substituir a de Fiji, que está no Dream Tour há muitos anos e pode retornar no futuro se conseguirmos o apoio necessário do governo de Fiji para levar os melhores do mundo para Cloudbreak e Restaurants. Keramas é um lugar fantástico também, então estamos felizes em termos uma etapa lá em 2018 - disse Sophie Goldschmidt.

Na disputa feminina, a etapa de Cascais (Portugal) deu lugar a uma em Jeffreys Bay (África do Sul).

- Eu acredito que 2018 me parece ser o calendário mais emocionante para o surfe feminino em todos os tempos. Misturar os locais e adicionar novos para nós, como Keramas e Jeffreys Bay, vai realmente mostrar um novo nível de surfe das mulheres - disse a americana Sage Erickson, representante das surfistas.

Calendário do Mundial de Surfe 2018 masculino

1ª etapa - 11 a 22/03 - Gold Coast, Austrália
2ª etapa - 28/03 a 08/04 - Bells Beach, Austrália
3ª etapa - 11 a 22/04 - Margaret River, Austrália
4ª etapa - 10 a 19/05 - Saquarema, Brasil
5ª etapa - 27/05 a 09/06 - Bali, Indonésia
6ª etapa - 02 a 13/07 - Jeffreys Bay, África do Sul
7ª etapa - 10 a 21/08 - Teahupoo, Taiti
8ª etapa - 05 a 09/09 - Surf Ranch, Estados Unidos (piscina de ondas de Kelly Slater)
9ª etapa - 03 a 14/10 - Hossegor, França
10ª etapa - 16 a 27/10 - Cascais, Portugal
11ª etapa - 08 a 20/12 - Pipeline, Havaí

Calendário do Mundial de Surfe 2018 feminino

1ª etapa - 11 a 22/03 - Gold Coast, Austrália
2ª etapa - 28/03 a 08/04 - Bells Beach, Austrália
3ª etapa - 11 a 22/04 - Margaret River, Austrália
4ª etapa - 10 a 19/05 - Saquarema, Brasil
5ª etapa - 27/05 a 09/06 - Bali, Indonésia
6ª etapa - 10 a 17/07 - Jeffreys Bay, África do Sul
7ª etapa - 30/07 a 05/08 - Huntington Beach, Estados Unidos
8ª etapa - 05 a 09/09 - Surf Ranch, Estados Unidos (piscina de ondas de Kelly Slater)
9ª etapa - 03 a 14/10 - Hossegor, França
10ª etapa - 25/11 a 06/12 - Maui, Havaí

Globo Esporte