quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Alfinetadas: Brasil x Argentina mais forte do que nunca no cenário continental

(Foto: Reuters)

Por Nicholas Araujo
Redação Blog do Esporte


2018 será um ano para renovar a rivalidade de Brasil x Argentina no futebol. Classificados diretos para a fase de grupo, Flamengo, Cruzeiro, Santos, Corinthians e Palmeiras enfrentarão River Plate, Racing, Estudiantes, Independiente e Boca Juniors, respectivamente, na próxima Taça Libertadores.

Já pela Sul-Americana, São Paulo, Atlético Mineiro e Atlético Paranaense enfrentarão Rosário Central, San Lorenzo e Newell’s Old Boys, respectivamente, na primeira fase da competição. Teremos uma “overdose” de uma das maiores rivalidades mundiais, que já decidiram muitos títulos em competições importantes no cenário mundial.

O início dessas finais aconteceu em 1963, quando o Santos de Pelé enfrentou o Boca Juniors na final da Libertadores. A decisão foi marcada pela vitória do Peixe em La Bombonera, que foi sempre temida pelos adversários, mas o título santista veio com duas vitórias (3 a 2 na Vila e 2 a 1 na Argentina).

Em novo encontro ocorreu em 1968, quando o Estudiantes venceu a Copa em cima do Palmeiras (2 a 1 para os Argentinos e 3 a 1 para o Alviverde). Em 1974, foi a vez do São Paulo, que perdeu o título para o Independiente. Em 1976, o Cruzeiro levou o caneco ao golear o River Plate, por 4 a 1, no primeiro jogo, no Mineirão. A Raposa voltou a final em 1977, mas perdeu a decisão para o Boca Juniors nos pênaltis.

Já em 1984, o Grêmio foi derrotado pelo Independiente; em 1991, o São Paulo venceu o Newell’s Old Boys; em 1994, novamente o São Paulo derrotou o Vélez; em 2000, o Boca derrotou o Palmeiras; em 2003, novamente o Boca levou o título agora em cima do Santos; em 2007, o Boca se torna novamente carrasco ao vencer o Grêmio; em 2009, o Estudiantes bateu o Cruzeiro; em 2012, o Corinthians derrotou o Boca Juniors e em 2017, o Grêmio derrotou o Lanús.

Pela Copa Sul-Americana, houve cinco confrontos entre os dois países. O primeiro ocorreu em 2008, com vitória do Internacional para cima do Estudiantes; em 2010, o Independiente derrotou o Goiás; em 2012, o São Paulo venceu o Tigre; em 2013, o Lanús derrotou a Ponte Preta e em 2017 o Independiente derrotou o Flamengo.

Agora, essa disputa ficará bem mais acirrada em 2018 com todos os confrontos citados acima. É hora de força total para que os brasileiros busquem mais uma vez o título continental. Que venha a Liberta!