terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Brasileiro marca duas vezes, Urawa Reds vence Wydad Casablanca e é 5º do Mundial

(Foto: REUTERS/Matthew Childs)


Um golaço de longe, outro de oportunismo, e o zagueiro Mauricio Antonio ajudou o Urawa Reds a garantir o quinto lugar do Mundial de Clubes nesta terça-feira. O brasileiro abriu o placar com um belo chute, seu compatriota deu assistência para Kashiwagi fazer o segundo, o defensor aproveitou rebote na área para marcar o terceiro, e nem um pênalti marcado pelo árbitro de vídeo nos acréscimos evitou a vitória japonesa por 3 a 2.

Mauricio abriu o placar aos 18 do primeiro tempo, quando arriscou de longe, acertou belo chute e bateu o goleiro Benachour. O Wydad empatou três minutos depois, em cobrança de falta de Ismail El Haddad que passou por todo mundo, mas o Urawa voltou a ficar na frente aos 26, quando o brasileiro Rafael Silva tocou por cima do goleiro e Kashiwagi apareceu na área para completar para o gol aberto.

A equipe do Marrocos até tentou buscar o empate outra vez, mas o goleiro Nishikawa apareceu bem, e Mauricio voltou a marcar, aproveitando sobra na área para fazer 3 a 1 aos 15 da segunda etapa. Com a partida se encaminhando para o fim, o árbitro de vídeo deu um pouco mais de emoção para o jogo, ajudando o juiz neozelandês Matt Conger a marcar pênalti convertido por Hajhouj, mas não deu tempo para ir atrás da igualdade.

Campeão asiático, o Urawa havia sido derrotado pelo anfitrião Al Jazira na primeira partida do Mundial de Clubes. O Wydad Casablanca perdeu por 1 a 0 na prorrogação para o Pachuca.

Globo Esporte